Causas e consequências das quedas em idosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 165 (41151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
7

1

INTRODUÇÃO
O aumento da expectativa de vida da população é uma realidade entre os

diversos grupos populacionais. Esta realidade tem determinado uma modificação no perfil demográfico e de morbi-mortalidade, resultando no envelhecimento da população. No Brasil, a expectativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é de que a população com mais de 60 anos de idadeseja aproximadamente 11% da população geral até o ano de 2020. A principal variável responsável por estas mudanças é a fecundidade, cujo declínio inscreve-se entre os mais rápidos e intensos recentemente observados entre os países mais populosos do mundo. A taxa de fecundidade total declinou, a outra variável é a melhora da qualidade de vida, e os avanços médicos e tecnológicos. Estes fatoresfavorecem para que a população tenha em sua formação grande número de indivíduos com idade acima de 60 anos de idade, grande número de idosos (SIQUEIRA; FACCHINI et al, 2007). Este novo quadro que vem crescendo rapidamente faz com que a sociedade tenha a necessidade de se adaptar a fim de garantir ao idoso não apenas o prolongamento da vida, mas, principalmente, a manutenção da capacidade funcional decada indivíduo, de forma que ele permaneça autônomo e independente pelo maior tempo possível, ou seja, nações em rápido envelhecimento, como o Brasil, precisam garantir: acesso universal aos cuidados primários, políticas públicas para o controle de fatores de risco e estímulo a estilos de vida saudáveis, ênfase em promoção da saúde, prevenção de doenças e que o idoso seja avaliado de formaholística, com o objetivo principal de manutenção da capacidade funcional (SIQUEIRA; FACCHINI et al, 2007). Segundo os mesmo autores, o envelhecimento refere-se a um processo que com o passar do tempo, conduz a uma perda de adaptação, prejuízo funcional, e eventualmente a morte. Nos idosos, a idade e as mudanças provocadas pelas patologias associadas, afetam os múltiplos sistemas que controlam o equilíbrio,a locomoção, e a mobilidade aumentando assim o risco de quedas. A queda pode ser definida como um evento não intencional que tem como resultado a mudança de posição do indivíduo para um nível mais baixo, em relação a sua posição inicial. A queda se dá em decorrência da perda total do equilíbrio postural, podendo estar relacionada à insuficiência súbita dos mecanismos neurais e

8osteoarticulares envolvidos na manutenção da postura. Pessoas de todas as idades apresentam risco de sofrer queda. Porém, para os idosos, elas possuem um significado muito relevante, pois podem levá-lo à incapacidade, injúria e morte. Seu custo social é imenso e torna-se maior quando o idoso tem diminuição da autonomia e da independência ou passa a necessitar de institucionalização (FABRÍCIO et al, 2004). Aqueda é o mais sério e frequente acidente doméstico que ocorre com os idosos e a principal etiologia de morte acidental em pessoas acima de 65 anos. No Brasil 30% dos idosos caem ao menos uma vez ao ano. As causas desse problema frequente entre os mais velhos podem ser únicas e claramente identificáveis ou, mais comumente múltiplas e de difícil individualização (PEREIRA et al, 2001). Tendo emvista a relevância deste tema, realizaremos um estudo dos principais fatores de risco para a ocorrência do evento quedas e suas conseqüências, bem como das modalidades de prevenção e minimização dos danos causados pela queda.

9

2

DESENVOLVIMENTO
2.1 GERIATRIA E GERONTOLOGIA A Geriatria é uma especialidade médica que abrange os conhecimentos em torno

do diagnóstico e do tratamento dasdoenças que comprometem a saúde do indivíduo em processo de envelhecimento, e a Gerontologia é um termo utilizado pelas diversas áreas de conhecimento, sejam elas: ciências biológicas e da saúde, ciências humanas e sociais aplicadas e ciências exatas que estudam o processo de envelhecimento inter relacionado ao contexto socioeconômico, cultural e ambiental. Geriatria é o ramo da ciência médica...
tracking img