Catequese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Catequese 2013 – Perseverança 1 28/04
Oração Inicial – Pai – Nosso/ Ave – Maria
Tema: A oração na vida do cristão
Dinâmica:
Desenvolvimento do tema –
1. Experiência de Fé.
http://www.youtube.com/watch?v=GqzKr7_3R10&list=PL076A1D682CA5AAC7
Passagem - Efésios 6 – 10
* Levar os catequizandos ao entendimento de que a fé, é também um ato de coragem.
* Fazê-losentender que só em Deus podemos encontrar a verdadeira felicidade
* Mostrar que o medo nos impede de fazer a vontade de Deus
* Assumir a posição de filhos de Deus
* Fazê-los entender que estamos no mundo mais somos do céu.

2. O que é a oração?
http://www.youtube.com/watch?v=a3mTMqmokiY
Referências pelo catecismo: Parágrafo 2559 á 2565
Explicar o que é a oração e como elasurgiu.
Explicar a diferença entre Orar e Rezar
Explicar que a oração é tudo aquilo que é agradável a Deus, a oração mais bonita não é aquela decorada.
O que verdadeiramente toca o coração de Deus, é a nossa oração através da vida.
No momento que você trata bem alguém, é uma oração. A oração pessoal, é importante também. Mais o mais importante é fazer da vida uma oração.

3. Como orar equando orar?
http://www.youtube.com/watch?v=5OCvALGPY0A - Mudança de Vida
http://elmandotoledo.blogspot.com.br/2010/06/oracao-saiba-como-orar.html
Bíblia: Matheus 6, 5 - 8
Catecismo: Parágrafo 2559 á 2565
Outras considerações: Lembrar que oração não é sinônimo de emoção.
Teoria e Prática: Deus não é teórico. Quando você pede algo a Deus, Ele te da os meios pra que isso aconteça.
Exemplo:Quando pedimos a Deus paciência, ele te manda alguém bem chato para que ali você exercite sua paciência. Assim como na escola, temos que fazer a prova para exercitar o que aprendemos é também na vida. Deus nos dá os meios para que nos tornemos pessoas melhores.
Explicar aos catequizandos que Deus está nas pequenas coisas, e que Ele responde as nossas orações sempre. Só que o nosso tempo nem sempre éo tempo Dele, e muitas vezes ele faz e nós não o vemos fazer.
4. Intercessão dos Santos - http://www.youtube.com/watch?v=3qFUYki8D4A
http://www.domhenrique.com.br/index.php/perguntasdo-internauta/726-a-intercessao-dos-santos
Explicar que apesar de tantos meios para falar com Deus, podemos contar também com a intercessão dos Santos.
Explicar que não há veneração, e sim um respeito.Ação Concreta – Durante a semana os catequizandos deverão rezar todos os dias pela manhã.
Oração Final – Momento de reflexão sobre as nossas vidas.
Parte superior do formulário
1.1 Leiam em voz alta o texto de Romanos 8:26-27
Então peça às crianças que contem momentos em que tiveram dificuldades em saber como (ou o que) orar. Divida o grupo em duplas.
Diga a elasque esta passagem nos ajuda a entender que nós sempre podemos orar, mesmo que não saibamos o que dizer. Peça então que cada um diga a sua dupla alguma coisa que o está preocupando. Quem ouviu, então, coloca esta preocupação numa oração (pode ser apenas uma frase - ex.: se o primeiro disse que tem uma prova difícil na escola, o segundo pode orar algo como "Querido Deus, ajude o João a entender o queele está estudando, e lhe dê calma no momento da prova. Amém").
Depois invertem-se os papéis.
Quando as duplas terminaram de orar, pergunte como se sentiram, se acharam fácil orar assim, o que eles podem fazer quando estão inseguros sobre que palavras usar e como orar, etc..
Encerre com oração - cada um do grupo deve orar por alguma outra pessoa - pode ser do próprio grupo ou outros conhecidos,família, etc..
Você também pode pedir que cada um escreva seu nome e uma preocupação num papel. Depois as crianças sorteiam entre si os papéis e durante a semana devem orar pela pessoa e preocupação cujo nome está no papel.
Parte inferior do formulário
1.2 - "Uma pedra de gelo, Uma pedra comum."
Coloque as duas pedras à vista das crianças, deixe-a sobre a
mesa e comece este momento dizendo...
tracking img