Castells

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1884 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
 
“Redes constituem a nova morfologia de nossas sociedadese a difusão da lógica de redes modifica de forma substanciala operação e os resultados dos processos produtivos e deexperiência, poder e cultura. Embora a forma deorganização social em redes tenha existido em outrostempos e espaços, o novo paradigma da tecnologia dainformação fornece a base material para sua expansãopenetrante em toda aestrutura social.” (p.497)
Prólogo: A Rede e o Ser
Castells fala da nova ordem econômica e social, cujo centro dastransformações está na revolução tecnológica concentrada nas tecnologias dainformação e comunicações.O colapso do estatismo soviético, a reestruturação do capitalismo, oaumento da concorrência econômica global, a integração dos mercadosfinanceiros, um novo sistema de comunicaçãodigital e o crescimento exponencialdas redes de computadores, emolduram o novo desenho das economias em todoo mundo.Em paralelo, mudanças sociais igualmente importantes como o ataque aopatriarcalismo, a nova consciência ambiental, a crise de legitimidade dos sistemaspolíticos e a fragmentação dos movimentos sociais, caracterizam um ambiente demudanças confusas e incontroladas, tendem a reagrupar osindivíduos em tornode identidades primárias: religiosas, étnicas, territoriais e nacionais.“Em um mundo de fluxos globais de riqueza, poder e imagens, a buscapela identidade, coletiva ou individual, atribuída ou construída, torna-se a fontebásica de significado social.” (p.23)Enquanto as redes globais conectam e desconectam seus nós seguindosuas próprias decisões estratégicas, os indivíduos seorganizam com base no quesão ou acreditam que são. “Nossas sociedades estão cada vez mais estruturadasem uma oposição bipolar entre a Rede e o Ser” (p.23).
Tecnologia, sociedade e transformação histórica.
Devido a sua penetrabilidade em todas as esferas da atividade humana, arevolução da tecnologia da informação é o ponto inicial de Castells para analisar acomplexidade da nova economia, sociedade ecultura em formação.A tecnologia não determina a sociedade: incorpora-a. Mas a sociedadetambém não determina a inovação tecnológica: utiliza-a (p.43). Castells classificao dilema do determinismo tecnológico como infundado, dado que a tecnologia
é 
asociedade e a sociedade não pode ser entendida ou representada sem suasferramentas tecnológicas (p.25).Castells afirma que embora não determine atecnologia, a sociedade podesufocar seu desenvolvimento, principalmente por intermédio do Estado.
 
Cita, como exemplo, o caso da China que inovou durante séculos(fundição, tecelagem, energia hídrica, bússola, pólvora, medicina, o papel –primeira revolução no processamento da informação -, imprensa, dentre outros),poderia ter se industrializado a partir do final do séc. XVI, mas interrompeuseuprocesso de desenvolvimento tecnológico devido a um conservadorismotecnológico provocado pelo receio dos seus impactos destrutivos na estabilidadesocial. Cita, também, a inabilidade do estatismo soviético para dominar arevolução da tecnologia da informação, interrompendo sua capacidade produtiva eenfraquecendo seu poderio militar.Mas, não devemos concluir que toda intervenção estatalécontraproducente. Como contra-exemplo aos casos da China e da UniãoSoviética, cita o Japão que, a partir do imperador Mitsuhito (1868), criou ascondições políticas para uma modernização liderada pelo Estado.“O que deve ser guardado para o entendimento da relação entre atecnologia e a sociedade é que o papel do Estado, seja interrompendo, sejapromovendo, seja liderando a inovação tecnológica, é um fator decisivonoprocesso geral, à medida que expressa e organiza as forças sociais dominantesem um espaço e uma época determinados” (p.31).
O Informacionalismo, industrialismo, capitalismo, estatismo:modos de desenvolvimento e modos de produção
 Modos de produção determinam a apropriação e os usos dos excedentes.No século XX, os modos de produção predominantes são: capitalismo e estatismo.Os modos de...
tracking img