Caso monarquia e industria lltda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2911 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Com o crescimento acelerado do comércio internacional e a visão globalizada, existirá um só parâmetro para medir o sucesso de uma empresa: a participação no mercado internacional. As empresas bem-sucedidas chegarão ao sucesso encontrando mercado em todo o mundo. Desta forma o processo de internacionalização torna-se cada vez mais evidente.
Não querer ampliar o tamanho de sua empresanão significa que você não deve estar atento às mudanças que ocorrem na produção da indústria dentro e fora de seu país, para as quais é necessário planejar e adaptar-se para enfrentar a concorrência.
As fronteiras geográficas ainda são as mesmas, mas as distâncias que separam vendedores e compradores mudaram muito, pois com o advento de novas tecnologias e integração das rotas comerciais, eabertura de novos mercados e novos produtos, o mundo tem se tornado diferente e próximo.
A todo momento, percebemos, em todos os lugares, produtos vindos de países muito diversos e distantes. No passado, a indústria nacional era protegida por barreiras que hoje já não existem, isso faz com que empresas estrangeiras possam vir concorrer com as empresas brasileiras dentro de nosso próprio país. Destaforma, os produtos de fabricação nacional  enfrentam a concorrência tanto interna, como  de outros países.
A internacionalização leva ao desenvolvimento das empresas, pois as obriga a modernizarem-se, seja para conquistar novos mercados, seja para preservar suas posições no mercado interno.
O comércio exterior adquire cada vez mais importância para o empreendedor que queira realmente crescer,assim como para a economia brasileira, mediante o ingresso de divisas e geração de emprego e renda.
No Brasil, porém, a exportação ainda é vista por muitas empresas como uma saída para a “crise”. Se o empresário pensar em vender para o exterior quando o mercado interno estiver em baixa, é provável que não obtenha sucesso, pois estará preparado somente para acabar com um excedente de estoque, nãotendo tempo suficiente para efetuar modificações no produto, tampouco (e principalmente!) condições de elaborar um projeto de exportação de médio ou longo prazo. A exportação não deve ser vista como uma atividade meramente ocasional, a postura imediatista voltada ao mercado interno não se aplica ao mercado externo.
Internacionalizar uma empresa implica pensar em clientes, fornecedores, concorrentes,marcas, tecnologias, normas técnicas e preços como se o mundo não tivesse fronteiras; estar aberto para a inovação; ter flexibilidade para adaptar-se às demandas regionais de forma criativa;  saber interpretar as tendências mundiais.
Até algum tempo atrás, somente as grandes empresas é que tinham condições de se internacionalizar, no entanto, a globalização da economia vigente nas últimas duasdécadas abriu novas perspectivas para as empresas menores, que passaram, também, a se preocupar com as oportunidades, as formas, os riscos, os custos e as estratégias de atuação no exterior.
O mercado brasileiro e mundial passou a observar com maior atenção as MPE’s, pois são estas as protagonistas do novo cenário mundial. Neste contexto, as MPE’s devem coletar, ao máximo, dados que possam mantersua sobrevivência no mercado e atender as necessidades dos consumidores cada vez mais seletos na compra de produtos.
A participação das MPE’S’s brasileiras no que se refere ao comércio internacional, ainda têm pouca expressão nas exportações do país.
Para uma empresa italiana, exportar é tão simples como quando uma empresa paulista vende para Minas Gerais; uma coisa normal e corriqueira. Oempresário italiano nasce vendo seu pai exportar para a França ou Inglaterra, portanto, o comércio internacional já faz parte de sua cultura. Empresários libaneses saem de suas empresas e vão buscar oportunidades de negócios onde quer que elas se encontrem. Vão atrás de novos fornecedores, mais baratos, com produtos melhores e mais modernos.
As ações de apoio e incentivo às MPE´s que  querem entrar...
tracking img