Caso eichmann

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1415 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JULGAMENTO DE EICHMANN

1. RESUMO DO CASO

Adolf Eichmann nasceu em 1906 em Soligen, norte da Alemanha. Em 1934 servia como cabo na SS (Schutzstaffel) campo de concentração de Dachau, sendo um grande destaque nas atividades que realizava. Posteriormente foi promovido a oficial e tinha como principal função o de expulsar a comunidade judaica da Alemanha nazista.
Em seu cargo de oficial eraresponsável pela realização dos tratados de deportação de judeus entre 1937 e 1941. Em 1937 foi enviado para Palestina com seu superior hierárquico Herbert Hagen, para verificar a possibilidade de emigração massiva dos Judeus da Alemanha, mas teve sua entrada recusada no país pelas autoridades Britânicas.
Posteriormente elaborou um relatório com recomendações contra emigração em larga escaladevido às razões econômicas e porque contradizia as razões políticas da Alemanha de formação de um Estado unicamente Judaico naquela região.
Segundo alguns pesquisadores, em 1942, Eichmann ajudou na organização da “Conferência de Wannse” onde teriam sido tratados os assuntos relativos à “Solução final da questão Judaica”. Pesquisadores contrários a esta ideia, afirmam que, Eichmann apenas teriasido anfitrião e pessoa presente na Conferência. Seria apenas um burocrata que respeita e cumpria as ordens superiores, não imaginava a possibilidade de ser exonerado dos quadros do partido, mesmo deixando bem claro que conhecia e discordava dos trabalhos de extermínio que já eram realizados com doentios e loucos nos campos de concentração afirmando “não ser duro o bastante para suportar uma coisadestas sem reação...” antes da solução final.
O certo é que ele receberia o grão mestre de SS-Obersturmbannführer (Tenente-Coronel) após a Conferência, seria o chefe do departamento da Gestapo IVB4, órgão que era responsável por toda logística relacionada com os estudos e execução do extermínio em curso.
Entre o fim de abril e início de maio de 1945, o 3º Reich (altos cargos do exército Alemão)estava de joelho para os aliados e Eichmann resolveu fugir. Antes de partir, deu 4 cápsulas de veneno para sua mulher e seus três filhos, dizendo que se os russos viessem era para eles morderem as cápsulas, caso fosse os americanos ou britânicos, não seria necessário.
Foi preso por uma tropa do exército americano no sul da Alemanha se passando por cabo da força aérea Alemã, com o nome de AdolfBarth. Transferido várias vezes de campos de prisão, sempre adotando um nome diferente. Após quase dois anos, com o nome de Otto Eckmann, em 1946 ele conseguiu fugir para uma comunidade rural chamada Eversen, onde viveu alguns anos tranquilo criando galinhas.
Quando a guerra acabou, Eichmann não tinha sido esquecido, seu nome apareceu diversas vezes no relatório de 16 mil páginas que compunham ojulgamento de Nuremberg, onde 24 membros da cúpula Nazista foram acusados de crimes de guerra.
Era muito perseguido na Alemanha, trocou de nome várias vezes até que em 1950 atravessou os Alpes chegando a Áustria e posteriormente a Itália, aonde encontrou uma rede de proteção que permitia que os nazistas pudessem escapar. Buscou ajuda também com a Igreja Católica e a Cruz Vermelha, arrumoudocumentos falsos e abrigo em casas seguras.
Em 14 de junho de 1950, o consulado argentino em Gênova concedeu visto de entrada, assim, pagando do seu próprio bolso uma passagem de 2º classe no navio Giovanna C., em 14 de julho desembarcou em Buenos Aires.
Durante quase três anos o serviço secreto fez pouco caso sobre a veracidade das informações que levavam a crer que Eichmann estaria vivendo emBuenos Aires com o nome de Ricardo Klement, até que sua mulher e filhos foram a sua procura. A Argentina já era conhecida por abrigar foragidos Nazistas, “o governo os protegia, dava emprego e documentos e negava pedidos de extradição” afirmava o jornalista e historiador argentino Jorge Camarasa.
A primeira pista concreta sobre o paradeiro de Eichmann foi em 1957, por meio de Lothar Hermann, um...
tracking img