Caso clinico infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3172 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Correlacione os sintomas com a doença diagnosticada, no caso osteomelite.

R.: Em crianças, as infecções ósseas adquiridas através da corrente sangüínea causam febre e, em alguns casos, dor no osso infeccionado. A área sobre o osso pode apresentar sensibilidade e edema e os movimentos podem causar dor. A dor piora com o movimento e não alivia com o repouso, aplicação de calor ou uso deanalgésicos.

A febre, o sinal habitual de uma infecção, freqüentemente está ausente. As infecções ósseas decorrentes de infecções de tecidos moles adjacentes ou de uma invasão direta provocam dor e edema na área sobre o osso. Pode ocorrer a formação de abcessos no tecido circunjacente. Algumas vezes, essas infecções não causam febre e os resultados dos exames de sangue apresentam-se normais. Oindivíduo com um membro ou uma prótese articular infeccionada comumente sente uma dor persistente na área. Se a infecção óssea não for tratada com sucesso, o indivíduo pode desenvolver uma osteomielite crônica.

Às vezes, esse tipo de infecção passa despercebido durante muito tempo, não produzindo sintomas durante meses ou anos. Mais comumente, a osteomielite crônica causa dor óssea,infecções recorrentes de tecidos moles localizados sobre o osso e uma secreção purulenta constante ou intermitente através da pele. A drenagem ocorre quando o pus do osso infectado irrompe através da superfície cutânea e forma uma passagem (fístula) do osso até a pele.

2. Defina osteomelite.

R.: Osteomielite é uma infecção óssea caracterizada pela destruição progressiva do osso cortical ecavidade medular. O termo osteomielite não especifica o organismo causador que pode ser bactéria, micobactéria ou fungos nem a origem da doença: piogênica ou granulomatosa. Essa infecção óssea pode ser aguda, subaguda ou crônica.

A osteomielite é uma infecção óssea que a partir do local da origem da infecção dissemina-se para o osso pela corrente sangüínea. O osso pode estar predisposto àinfecção devido a um pequeno trauma recente resulte em um coágulo sangüíneo. Nas crianças, os ossos longos são usualmente mais afetados. Nos adultos, as vértebras e a pélvis são os mais afetados. Bactérias e fungos podem ser responsáveis pela infecção. O pus é produzido dentro do osso, que pode resultar em um abscesso que acaba privando o osso de sua nutrição vascular.

3. Comente os mecanismos dedisseminação desta patologia.

R.: Três mecanismos básicos permitem que um organismo infeccioso - seja bactéria, micoplasma, rickettsia ou fungo – alcance o osso:


1. Disseminação hematogênica através da corrente sangüínea oriunda de um local de infecção distante, tal como a pele, amídalas, vesícula biliar ou trato urinário. É a forma mais comum, com 89% dos casos, sendo desencadeadaspor bacteremias que ocorrem em 3% dos casos de infecção das vias aéreas superiores febris que são devidas ao pneumococo ou ao Haemophylus e as piodermites desencadeadas por estafilococos.
2. Disseminação Indireta ou contigüidade: através de um foco contínuo de infecção, como dos tecidos moles, dentes ou seios nasais. Responsável por 10% dos casos ocorre principalmente em lactentes.


3.Contaminação direta ou continuidade; através de um ferimento puntiforme ou por um projétil de arma de fogo, ou de um procedimento cirúrgico. Representa 1% dos casos, ocorre em fraturas expostas ou punções ósseas.



• Disseminação hematogênica: A Infecção pode alcançar o osso (ou a articulação) pela circulação sangüínea. A vulnerabilidade de qualquer osso específico para infecção éinfluenciado pela anatomia da árvore vascular adjacente. A bactéria localiza-se nosso via corrente sangüínea a partir de um foco infeccioso a distância. Por exemplo, um abcesso na pele. A disseminação hematogênica é comum nas crianças e o foco habitual da infecção desenvolve-se na metáfise. A localização metafisária de infecção na criança está relacionada a uma anatomia óssea vascular que difere no...
tracking img