Caso clínico de quase afogamento em criança de quatro anos de idade

Páginas: 8 (1793 palavras) Publicado: 17 de novembro de 2011
CASO CLÍNICO DE QUASE AFOGAMENTO EM CRIANÇA DE QUATRO ANOS DE IDADE

RESUMO (Seguir as etapas: Introdução. Objetivo. Metodologia. Resultados. Considerações)
Os acidentes domésticos estão cada vez mais comuns. Prevenir os acidentes infantis é uma questão de informação e de atenção de pais, a atitude preventiva desses agravos é um dos compromissos do Enfermeiro. Em casos de afogamentos oEnfermeiro deve estar sempre atualizado em suas técnicas para melhor atender o seu cliente, salvando assim sua vida. A criança deve ser atendida primeiramente no local e logo em seguida removida para que sejam realizados os procedimentos. A RCP sofreu alteração em suas diretrizes em 2010 e estas mudanças prevalece na assistência realizada pela equipe de enfermagem. Nas piscinas deve haver grades deproteção e/ou alarmes que avisam a proximidade de uma criança, evitando assim acidentes e mortes infantis.

Palavras-chaves: em ordem alfabética Criança; Afogamento; Enfermagem em emergência; Reanimação Cardiopulmonar; Educação em Saúde.

ABSTRACT
Home accidents are increasingly common. Preventing childhood accidents is a matter of information and attention from parents, the preventive attitude ofchildhood accidents is one of the commitments of the nurse. In cases of drowning the nurse should always be updated on their techniques to better serve your customer, thereby saving his life. The child must be met first at the site and then immediately removed so that the procedures are performed. The change from their RCP guidelines in 2010and these changes prevalent in assistance provided by thenursing staff. In the pool there must be guardrails and / or alarms that warn the proximity of a child, avoiding accidents and infant mortality.
Key-word: Child; Drowning; Emergency Nursing, RCP; Health education.
1 INTRODUÇÃO

O afogamento de uma criança, ou acidente por submersão, é um acontecimento trágico, rápido e silencioso. No Brasil é a segunda causa de morte e a oitava dehospitalização, por acidentes, na faixa etária de 1 a 14 anos. Fonte?
Segundo Ministério da Saúde, em 2005, 1.496 crianças de até 14 anos morreram vítimas de afogamentos. É importante salientar que os perigos não estão apenas nas águas abertas como mares, represas e rios. Para uma criança que está começando a andar, por exemplo, três dedos de água representam um grande risco. Assim elas podem se afogar empiscinas, cisternas e até em baldes e banheiras.
O maior problema desses acidentes domésticos é a falta de informação dos pais ou responsáveis que acreditam que a casa é o lugar mais seguro para as crianças.
O afogamento caracteriza-se pela falta de oxigênio no sangue, que afeta todos os órgãos e tecidos.???? A intensidade da hipoxemia é determinada pelo tempo em que a pessoa fica submersa,pela quantidade e tipo de líquido que é aspirado para dentro do pulmão, e pela resistência individual de cada afogado. A duração da submersão é fundamental, porque a quantidade de oxigênio nos vasos sanguíneos vai caindo durante a asfixia. Fonte?
Quando mergulhamos um mecanismo de proteção chamado laringoespasmo, que consiste na contração das vias aéreas é acionado pelo organismo. Isso impede quea água entre nos pulmões. Um adulto sabe que não deve inspirar dentro da água. Mas a criança, tão logo as vias respiratórias se abrem novamente, aspira mais forte ainda com a intenção de recuperar o fôlego. O que aumenta o risco de afogamento. Fonte?
O período máximo de submersão antes de ocorrer lesão irreversível é incerto, mas provavelmente é de três a cinco minutos. Em caso de afogamentosdomésticos o atendimento deve ser o mais rápido possível. O ideal é que os pais e as outras pessoas que cuidam da criança conheçam técnicas de RCP.
Essa técnica sofreu mudanças em suas diretrizes em 2010. Antes, a criança era colocada em uma superfície reta e rígida e prosseguia-se a técnica que consistia em quatro etapas, que eram resumidas nas primeiras letras do alfabeto (A-B-C-D): Airway...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A criança aos 11 anos de idade
  • Obervação de uma criança de quase 2 anos
  • AFOGAMENTO E QUASE AFOGAMENTO
  • observacao de uma crianca de dois anos e quatro meses
  • Pluralidade cultural: trabalhando com crianças de quatro a cinco anos
  • Avaliação do desenvolvimento da motricidade global em crianças de creche com idade entre...
  • como ensinar matemática para crianças de 5 e 6 anos de idade
  • fases de criancas na idade de 3 há 4 anos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!