Case renner

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (312 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
As lojas Renner atuava em vários setores como na indústria têxtil, de confecções, de tintas e vernizes, de feltro, curtume, de máquinas de costura, porcelanas e artefatos de cimento.Na década de 40 a loja expandiu sua oferta de mercadoria e tornou-se uma loja de departamentos. A partir disso a empresa começou a investir fundo na política de relacionamentos dosfuncionários, uma atitude inovadora para a época, onde nem a carga horária dos funcionários era estabelecida por Lei.
Em 1994 teve início o plano de expansão que foi conquistando váriosestados brasileiros. Com isso, a loja conseguiu consolidar a sua marca como uma loja de departamentos com mercadorias de qualidade a preços competitivos. Com toda essa expansão no mercadobrasileiro, com lojas em quase todos os estados brasileiros, e suas ações colocadas na bolsa de valores, a Renner teve uma valorização muito grande no mercado e sob os o olhar dosconcorrentes, que viam ali uma loja com um grande potencial competitivo.
Após esta primeira fase de expansão, da entrada em vários estados brasileiros, a loja obteve um crescimento deaproximadamente 1,200% a.a. Agora está mais focada na segmentação do negócio, investindo em conceito de vida, junto com profissionais renomados na moda como Glória Kalil, bem como EgonHandel, José Luiz Osório de Almeida Filho e Miguel Krigsner, presidente de O Boticário.
Com a ajuda desses profissionais, as lojas Renner criaram marcas próprias como a Blue Stell, demoda jovem, Cortelle para mulheres executivas, Rip Coast para quem pratica esportes e outras diversas marcas que envolvem o estilo de vida de cada um, desde criança até a maturidade. Issofez com que a loja conseguisse fidelizar os clientes e ser a terceira maior rede de varejo especializada em moda no país com mais de 101 lojas espalhadas pelos quatro cantos do Brasil.
tracking img