Case ford

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O MUSTANG
A VOLTA POR CIMA

Estudos de mercado

Por traz dos extraordinários estudos de mercado que precederam o desastre do Edsel, e mesmo após ter deixado de lado toda pesquisa de mercado nos anos seguintes, agora a Ford elaborou estudos com responsabilidade, mesmo sendo numa proporção menor que em 1950. As estatísticas demográficas, principalmente as que se referiam ao aumento de mercadoda juventude, foram muito discutidos em toda a companhia. A empresa percebia os indicadores importantes que mostravam que os americanos de idade mais avançada tinham gosto mais próximo da juventude, e praticavam atividades como o golf e o tênis, que na época eram consideradas mais apropriadas para os jovens. Isto era um indicativo de que o carro adequado poderia atrair não somente os jovens, mastambém aqueles de idade mais avançada que buscavam ícones da juventude. As pesquisas adicionais mostravam que o público comprava, cada vez mais, automóveis esportivos ou equipados com assentos, motores e outros acessórios esportivos. Decidiu-se então, que o Mustang seria um carro esportivo uma vez que muitos jovens estavam ingressando no mercado de trabalho e o veículo tinha que ser versátil.Tinha que ter um preço moderado para satisfazer os jovens com poucos recursos e também àqueles com renda média. Tinha que ter assento traseiro e porta malas para atender uma família pequena e se possível, deveria ser atrativo para as famílias com dois automóveis, que era crescente no mercado. Portanto, deveria ser um carro familiar. Em resumo, o Mustang deveria ser um carro para todo mundo. Esta foi aconclusão que os estudos mostraram e aí estava o desafio: converter tais conclusões em especificações para os departamentos de design e produção.
Depois de vários projetos de design mostrados aos consumidores em pesquisas qualitativas, os resultados foram encaminhados ao departamento de planejamento de
produtos, onde novamente foram avaliadas as características desejadas e indesejadas dodesign. Um protótipo foi desenvolvido e mais uma vez foram realizados estudos para ver se efetivamente correspondia às preferências dos consumidores. Para determinar o preço mais adequado para o Mustang, a Ford convidou 52 grupos para avaliar o protótipo. Quando os investigados ficavam sabendo que o produto custaria 3.500 dólares, a visão era crítica e acabavam encontrando muitos defeitos, porém,quando era atribuído um preço inferior, 2.500 dólares, os consumidores diziam que tinha um design moderno e que havia muito espaço no assento traseiro. Os estudos de reação mostravam um consumidor otimista e então a Ford estabeleceu a estratégia e a meta de comercializar 200.000 unidades no ano de 1964. Antecedendo o lançamento, a Ford mais uma vez realizou provas frente o mercado, com resultadospositivos e bastante animadores.
O produto O fracasso do Edsel era uma recordação presente e dolorosa. Os 200 milhões de dólares perdidos e os nove anos de pesquisa e desenvolvimento jogados no lixo faziam com que a alta direção tivesse grandes desconfianças. Em função disto, Iacocca destinou 65 milhões de dólares no desenvolvimento do Mustang e concluiu o projeto em três anos. O automóvel tinhaparte da mecânica e estrutura do Falcon e do Fairline, que eram de tamanho médio. Assim, aproveitaram componentes que já estavam em estoque. O motor de seis cilindros e a transmissão foi herdado do Falcon.
Os custos mais pesados ficaram por conta da carroceria e do desenvolvimento de um novo sistema de suspensão. Em entrevista, Iacocca disse que o pessoal que trabalhava no projeto estava“gracejando do resto da companhia” 8 , tamanha era a euforia e comprometimento com o novo projeto. O estilo do capô que era grande, com um corpo curto do Mustang chegou a fascinar os consumidores dos anos 60 e início de 70. Praticamente não houve alterações no design ao longo deste tempo e o carro era apresentado em três modelos básicos: conversível, teto rígido e cupê. As vendas do modelo conversível...
tracking img