Case azaleia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2482 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE POTIGUAR-LAURENTE

MBA-GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGOCIOS

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL













CASE AZALÉIA




















NATAL, MAIO 2012





INDICE



1. INTRODUÇÃO

2. HISTÓRICO

3. AÇÕES E RESULTADOS;

4. CONCLUSÃO;

5. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS.INTRODUÇÃO











Este trabalho tem como objetivo informar sobre as ações de responsabilidade social do Grupo Vulcabrás/Azaleia, assim como também destacar os resultados que essas ações promovem.







































HISTÓRICO




Iniciou no segundo semestre de 1958 em Parobé,Rio Grande do Sul , a produção de calçados femininos que viria a se constituir na base para a consolidação do grupo industrial em formação; Uma pequena fabrica com equipamentos de segunda mão conduzida pelos sócios fundadores e sua respectivas esposas, onde sua produção total diária era de 10 pares. Passados mais de 40 anos, aquela pequena fabrica foi transformada no grupo azaleia; (BNDES,2001;MINADEO,2010).

Nos anos de 1970 a Azaléia lança a marca de tênis esportivos Olympikus, com o objetivo de conquistar o mercado interno com aquele produto, considerando que os tênis vinham sendo adotados como parte dos uniformes das escolas, este fato contribuiu para o crescimento e consolidação da marca olympikus.

Na década de 1980, a empresa se consolidou financeiramente etecnicamente se expandindo pelo território brasileiro e assumindo posição de liderança no segmento de calçados femininos. No entanto no final da década de 1980, em 1989 a marca Olympikus foi retirada do mercado, medida tomada pela falta de competitividade do produto frente aqueles provenientes de outros países.
Os anos 1990 foram marcados por mudanças na politica de recursos humanos da empresa. Em1991 a Azaléia realizou uma pesquisa interna, com o objetivo de descobrir os desejos e aspirações de seus funcionários, na época quase dez mil funcionários. Dentre as resposta se destacaram temas como: saúde, casa própria, educação, transporte e segurança.
Para responder às expectativas de seu público interno e permitir a empresa gerar uma base interna de pessoas bem preparadas esatisfeitas com a empresa, foi desenvolvido o projeto Azaléia Construíndo o Futuro, lançado em 2001 que previa medidas a serem adotadas ao longo de uma década com ações continuadas. A Azaléia passou a oferecer benefícios a seus funcionários, como plano de saúde, habitação, educação e transporte. Este programa impactou positivamente na produção da indústria, melhorando em nível de satisfação doscolaboradores, melhorando a qualidade final dos produtos.
A década de 1990 foi marcada por mudanças relevantes, foram realizados investimentos em tecnologia, gestão e marketing, além da adoção do conceito qualidade total. Como resultado positivo destes investimentos realizados, no ano de 1994 a Azaléia relançou no mercado a marca Olympikus.
Nos anos 2000 a Azaléia sob a direção de Nestor dePaula, a empresa instala algumas filiais no estado da Bahia, está década foi marcada pelo forte investimento que empresa realizou buscando novos mercados, com exportações de seus produtos para alguns países na América do Sul e Europa. Além da abertura de seu capital, o que permitiu no ano de 2007 a aquisição da empresa por uma das suas principais concorrentes no setor, a Vulcabrás adquiriu mais de51% das ações da Azaléia.
A Vulcabrás (Companhia Industrial Brasileira de Calçados Vulcanizados S.A.) adquirente da Azaleia foi constituída no ano de 1952 na cidade de São Paulo, tendo como principal atividade a produção de calçados de couro com sola de borracha vulcanizada.

Com a fusão das duas empresas, a Vulcabras|Azaléia, passa a ser a maior indústria de calçados da América...
tracking img