Casamento pomerano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1883 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Casamento Pomerano



A EMEIEF Recreio tem hoje o prazer e a responsabilidade de apresentar à vocês um pouquinho da tradição do casamento pomerano.

Nesta oportunidade estaremos apresentando o casamento pomerano antigo e o atual.

O casamento antigo iniciava-se com o anúncio na igreja e o casal participava da Santa Ceia. As festividades duravam três dias. Tradicionalmente, o convite erafeito pelo hochtijdsbirar, o convidador de casamento que era geralmente o irmão solteiro da noiva.

O convidador antigo trajava terno enfeitado com flores e lenço com fitas coloridas pregado nas costas. Antes da introdução das motocicletas, o convidador ia visitar as casas a cavalo ou de bicicleta. Chegando perto da casa, ele fazia o anúncio de chegada soando por exemplo... (O convidador dá entãoos gritos para simbolizar os anúncio do convite). Nesse momento, toda a família largava os afazeres e abriam a porta da sala para recebê-lo. Este, entrava já caminhando em círculos e fazia o convite em forma de versos dizendo, por exemplo: (Ler apenas no Português).

Gundag fon dai lüür Wat t’huus sin! Wen hai dår Buuten is, Raupen riner, weegen ik wil juuch ale nöige tau main Hochtijd.

“Boatarde aos que estão em casa. O dono está? Se ele estiver fora é para entrar, pois venho convidar para um casamento.

Ik bün chikt woure fon daí brud lüür Gustaw um Johana. Eer sijn hochtij is anmarkt taum de 05 (fiwta) mai, bij dem Hochtijds er fåter sij huus.

Sou enviado do noivo Gustavo e da noiva Joana. O casamento acontecerá no dia 05 de maio, na casa dos pais da noiva.

Ik nöig daiklainer un dai groude, jij schöile mid reichne schau un jikempte håre kåme. Wijm ale lustig nåm hochtijd gåe. Ik häw kain tijd meir. Ik mud går.

Eu convido grandes e pequenos, e vocês devem ir com os sapatos engraxados e os cabelos penteados. Vamos todos alegres para o casamento. Não tenho muito tempo, preciso ir”.

Ao final da sua fala, o convidador cumprimenta todos da casa (fazer uma pausapara que o convidador faça os cumprimentos) e em seguida oferece uma pinguinha ao dono. E este, como forma de compromisso, aceita a dose e prega uma fitinha junto ao lenço como sinal de comparecimento dele e da família ao casamento. Antes de partir, o hochtijdsbirar também recebe do dono da casa uma pequena gorjeta.

Atualmente , os convites são impressos em gráficas e entregues pelos própriosnoivos ou por um parente próximo, que o faz de moto ou de carro. As famílias da sede e localidades maiores, em geral, realizam os festejos em clubes, porém as famílias do interior ainda mantêm a tradição de se fazer na casa de um dos noivos.

(Fazer outra pausa para que os noivos atuais –Valério e Dirce – possam fazer seu convite)

Tanto no casamento antigo quanto no atual, os preparativoscomeçavam uma semana antes e tudo era feito coletivamente por pessoas amigas, parentes, cozinheiras, por copeiros e copeiras. No entanto, no casamento antigo os noivos deviam matar a primeira galinha para a festa. Nunca devia faltar esta carne, pois ingeri-la significava que todos os presentes interiorizavam a percepção da ave: denunciar os elementos estranhos que por ventura quisessem se aproximar dojovem casal. A comida do casamento pomerano era e é sempre bem farta.

Na véspera do casamento, antes de nascer o sol é erguido um mastro com uma bandeira contendo as letras iniciais do nome dos noivos. Conforme vocês podem ver ali na entrada da pracinha.

Este mastro ficava no ponto mais visível do local da festa. Após o dia do casamento, antes de nascer o sol, este mastro era derrubado pelonoivo.

Na noite da véspera do casamento acontece o polterowend, ou seja, a noite do quebra-louça.

Vamos apreciar agora o polterowend, ou seja, o quebra louça nas duas versões: Em pomerano que era a língua materna dos imigrantes vindos há 152 anos da Pomerânia, que na época era colônia da Alemanha. Em paralelo, na língua portuguesa.

Vale a pena ressaltar que a oração do quebra-louça...
tracking img