Casa grande e senzala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Casa Grande e Senzala é uma obra que aborda a formação e o desenvolvimento da sociedade e da economia durante o período colonial brasileiro. Nos primeiros capítulos o autor relata e caracteriza o povo português, como a miscigenação, a plasticidade e o papel fundamental dos indígenas, principalmente as mulheres, e os negros.
Muito se achou que o fato dos povos que tiveram sua sociedade formadapor misturas, como brancos, negros e índio, era inferior a outros povos considerados de sangue puro. G.F. passa então a mostrar os benefícios que essa mistura trouxe, e a influencia desses povos na constituição da sociedade brasileira.
Para explicar o fato dos portugueses se adaptarem com facilidade entre os novos habitantes, G.F. aponta para o passado dessa nação, onde são revelados os contatosque tiveram com vários povos, principalmente a ligação entre a África e a Europa, que influenciaram em diversos pontos como a religião, alimentos e ate mesmo na vida sexual do português. Dos demais povos, extraíram a mobilidade e plasticidade, os fatores que foram importantes para o sucesso da colonização do país.
Portugal naquela época era um país de poucas pessoas, ao chegarem ao Brasil sedepararam coma belas índias, que por costume andavam nuas e gostavam de se banhar nas margens do rio, e logo foram se misturando e gerando filhos. Essa atitude ajudou no processo de colonização, já que Portuga não dispunha de tantas pessoas para coloniza-lo não só no Brasil, mas nas demais colônias que tinham na África e na Ásia.
A aclimatabilidade também favoreceu o português, já que Portugal tem umclima semelhante ao da África, que é parecido com clima o brasileiro. Outros países de clima mais frios não tiveram sucesso em se adaptar ao nosso clima por não resistirem às altas temperaturas, muitos, ate mesmo, morreram por doenças que não conheciam. Portanto, nesses aspectos, Portugal levou uma grande vantagem sobre os demais países.
Mas nem tudo era um paraíso nessa terra em exploração. Asgrandes enchentes e secas, o solo pobre de nutrientes, os matagais e outras dificuldades que encontraram, foi um grande desafio para esses aventureiros. Ate mesmo quando tudo parecia à seu favor apareciam as pragas que devastavam as plantações.
No livro Raízes do Brasil de S.B.H., podemos vê a importância da família, com característica patriarcal, no período da colonização, como ele diz em seulivro que, a estrutura familiar se tornou tão poderosa ao ponto de perseguir o individuo mesmo fora de casa. Em Casa grande e senzala também não é diferente, tudo girava em torno da família, que se baseava na atividade agrícola e trabalho escravo.
O objetivo das descobertas de novas terras era a extração de minerais e pedras preciosas. Logo que chegaram ao Brasil os portugueses não encontraram deprimeira tais metais, então tiveram que implantar um modo de gerar riqueza que se iniciou com a plantação de cana-de-açúcar, principalmente no nordeste.
Com a ganância, os senhores de engenho ocuparam uma grande extensão de terra para o plantio de cana-de-açúcar, essa monocultura prejudicou o solo, e a plantação dos demais alimentos para a sua própria subsistência. Ate a própria criação de gado foiprejudicada por falta de terra. Essas atitudes geraram uma grande falta de alimentos, tanto de carne, quanto de legumes, frutas e etc.. As pessoas se nutrindo mal acabavam ficando fracas e adoeciam. Os que tinham melhores condições mandavam trazer alimentos de Portugal, mas nem por isso se alimentavam bem, já que com o tempo da viagem e o mau acondicionamento da comida faziam que eleschegassem em péssimas condições.Porem vale ressaltar que os negros ate que se alimentava direito, pelo fato de terem que trabalhar no pesado.
Quanto à sífilis, era uma doença comum àquela época, já que era trazida pelos europeus e que ia se espalhando por causa das miscigenações. E era sinal de orgulho apresentar manchas de sífilis pelo corpo, já que isso significava que o rapaz já tinha se engraçado...
tracking img