Carta ao banco do brasil

Ao Banco do Brasil, 13/04/2012
Venho por meio desta tornar ciente e ao mesmo tempo solicitar uma posição do Banco para um fato ocorrido no dia 05/04/2012.
Descrição do ocorrido:
Comode costume todo quarto dia útil do mês a senhora Vera Lucia Silveira dos Santos ,brasileira , viúva ,portadora do RG 0184198879-BA e inscrita no CPF/MF sob n 227678355-91, dirigindo se a agencia doBanco do Brasil da cidade de Catu para efetuar o saque referente à Ordem de Pagamento do Beneficio n 0447046543 do Senhor José Lopes da Silva, brasileiro ,maior ,viúvo , aposentado, RG n 605972-BA einscrito no CPF/MF sob n 030.849.305-20 do qual a mesma se constitui a procuradora para tais serviços.
Para a surpresa da mesma, depois da solicitação do saldo no caixa eletrônico constata seapenas o valor referente a 1 (um) real na conta. Ao solicitar o auxilio de uma das funcionarias da agencia, onde a mesma consulta o saldo em seu sistema que informa o valor de 441.00(quatrocentos equarenta e um) reais. Sendo assim a funcionaria orienta procuradora por meio de um documento a sacar o valor informado pelo seu sistema direto no caixa da agencia.
Ao chegar no caixa munida com aprocuração e documento referente a orientação dada pela atendente, foi informada que não sereia possível o saque porque mesmo sendo procuradora do benificiário desde 09/09/2011 a mesma não havia sidocadastrada para tal serviço sendo assim orientada a trazer o titular da conta para assim poder efetuar o saque.
Moradora de um distrito de Catu , o Bairro Pau Lavrado ,Rua Oscar Pereira deSousa ,s/n, teve que se deslocar a sua residência para informar o beneficiário do ocorrido e levá-lo a agencia.
Chegando à agencia na tentativa de sacar o seu dinheiro, o benificiário foiinformado que só havia 1(um) real na conta.
Mais uma vez na tentativa de solucionar o problema foi solicitado o auxilio da atendente onde a mesma constatou que o beneficio havia sido sacado horas...
tracking img