Carrinho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
| Pág. |
Introdução teórica……………………………………………….. | 3 |
Protocolo……………………………………………………….... | 4 |
Tratamento de dados…………………………………………….. | 5 |
Conclusão……………………………………………………….. | 8 |
| |


Introdução teórica
No mundo em que vivemos por diversas vezes nos deparamos com movimentos uniformes sem muitas vezes reparamos. Na física um movimento pode se considerar uniforme ouuniformemente variado
Um movimento uniforme é, segundo a primeira lei de Newton, quando as forças que actuam num qualquer corpo se anulam (Fr=0), fazendo com que a velocidade média desse corpo se mantenha constante.
O movimento uniformemente variado pode variar em uniformemente retardado ou acelerado que segundo a segunda lei de Newton isso acontece se a resultante das forças que actuam nosistema for diferente de zero (Fr ≠ 0), adquirindo assim aceleração (a ≠0). A expressão matemática que traduz a segunda lei é Fr = m × a ( Fr: força resultante; m: massa; a: aceleração).
Em relação aos movimentos Galileu e Newton tem opinião diferente da de Aristóteles como iremos tentar concluir.
Sabendo isto temos como principal objectivo do relatório responder a seguinte questão: “será necessáriauma força para que um corpo se mova?”.



Protocolo
Material necessário
* Carrinho
* Roldana
* Papel químico
* Fita marcadora
* Marcador de tempo e posição (marcados electromagnético)
* Pesos
* Fio

Procedimento
Na realização desta experiencia utilizamos os seguintes passos como procedimento de trabalho:

1. Instalação da roldana numa das extremidades damesa de trabalho. Na extremidade oposta colocamos o marcador electromagnético.

2. Liga se o carrinho ao marcador electromagnético, por meio de uma fita de papel, e coloca se este em posição.

3. Ata-se um fio ao carrinho com o comprimento apropriado para que o carrinho fique encostado ao marcador e que a outra extremidade do fio fique depois da roldana, e de seguida coloca-se os pessoana extremidade do fio.

4. Por último, liga-se o marcador e deixa-se os pesos caírem por acção da gravidade, tendo sempre em atenção o registo pontual feito na linha de papel.

Tratamento de dados
Nota: A distância por ter sido medida com uma régua, o resultado seria em centímetros, mas sendo a unidade do sistema internacional o metro, tivemos de passar os centímetros para metros.Depois de realizarmos a experiencia foi-nos entregue uma fita com pontos, para efectuarmos as medições necessárias de maneira a podermos realizar um gráfico de posição em função do tempo e um gráfico de velocidade em função do tempo.
Para o gráfico de posição em função do tempo realizamos as medições de dez em dez pontos desde o ponto inicial (x=0 e t=0) até ao ponto A (t =0,1s) que se encontra a dezpontos do inicial, depois mede-se novamente do ponto inicial até ao ponto B (t=0,2) que se encontra a vinte pontos do inicial e assim sucessivamente.
Tempo (s) | Posição (cm) | Posição (m) |
0,1 | 1,7 | 0,017 |
0,2 | 5 | 0,05 |
0,3 | 9,6 | 0,096 |
0,4 | 15,6 | 0,156 |
0,5 | 22,9 | 0,229 |
0,6 | 31,5 | 0,315 |
0,7 | 40,5 | 0,405 |
0,8 | 49,4 | 0,494 |
0,9 | 57,9 | 0,579 |
1 |66,3 | 0,663 |
1,1 | 74,5 | 0,745 |
1,2 | 82,4 | 0,824 |
1,3 | 90 | 0,9 |
A tabela seguinte representa os valores das medições efectuadas referentes as posições e ao tempo. A partir da tabela1 realizamos o gráfico de posição tempo (grafico1).

Tabela 1

Ilustração 1

Para realizarmos o gráfico da velocidade em função do tempo tivemos de realizar medições, dedez em dez pontos, entre o ponto imediatamente antes e o imediatamente depois do ponto que se quer calcular a velocidade media.
Para calcular a velocidade média (coluna velocidade da tabela2) dividimos os valores obtidos através da medição (coluna posição da tabela2) por 0,02s (coluna tempo da tabela2), e obtivemos os valores referidos na coluna velocidade da tabela2. Depois a partir dos...
tracking img