Cargos e salarios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ANDRESSA CALDAS DA SILVA
BRUNA LOPES FERREIRA
DANIELA RITTA PETITEMBERTE
EDIANE DA SILVA VIDAL
JARDEL CAMPOS DA SILVA
JESSICA WAINER

PLANO DE BENEFÍCIOS

Alvorada
2011/1

ANDRESSA CALDAS DA SILVA
BRUNA LOPES FERREIRA
DANIELA RITTA PETITEMBERTE
EDIANE DA SILVA VIDAL
JARDEL CAMPOS DA SILVA
JESSICA WAINER

PLANO DEBENEFÍCIOS

Trabalho apresentado como requisito para aprovação na disciplina de Administração Cargos e Política de Remuneração, da Faculdade Luterana São Marcos.

Professor (a): Carlos Junqueira

Alvorada
2011/1
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
1.1 Histórico 4
1.2 Conceituação Genérica 5
1.3 Tipos de Benefícios sociais 5
1.4 Antigamente e Atualmente 9
2 CASO PRÁTICO 13
3 CONCLUSÃO 144 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 15

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem por finalidade analisar os benefícios que são fornecidos aos funcionários em seus períodos de serviço e fora dele, os benefícios são facilidades, conveniências, vantagens e serviços que as organizações oferecem a seus empregados, no sentido de poupa-lhes esforço e preocupação.
Os benefícios podem ser financiados, parcial outotalmente, pela organização.
Será visto também os benefícios que a empresa Sinosserra Consórcios oferece a seus funcionários.


Histórico

Os benefícios têm história recente e estão intimamente relacionados com a gradativa conscientização da responsabilidade social da organização. As origens e o crescimento acelerado dos benefícios devem-se aos seguintes fatores:

1. Exigência dosempregados quanto aos benefícios;
2. Exigência dos sindicatos e das negociações coletivas;
3. Legislação trabalhista e previdenciária imposta pelo governo;
4. Competição entre as organizações na disputa pelos recursos humanos disponíveis seja para atraí-los ou mantê-los;
5. Controles salariais exercidos pelo governo, principalmente no caso de salários elevados, seja no caso daregulamentação de índices oficiais de reajustamento salarial por dissídio ou acordo sindical, seja no caso de controles indiretamente efetuados nos reajustes de preços e produtos ou serviços fornecidos pelas organizações;
6. Altos impostos atribuídos às organizações e aos empregados: ambos passaram a localizar e a explorar meios lícitos de fazer deduções de suas obrigações tributárias.

Emmuitas organizações brasileiras, o aparecimento dos planos de benefícios foi inicialmente orientado por uma perspectiva paternalista e limitada, justificada geralmente pela preocupação de reter mão-de-obra e baixar rotação de pessoal.
Hoje os benefícios além do aspecto competitivo no mercado de trabalho, constituem-se em atividades da organização voltadas a preservação das condições físicas ementais de seus empregados.

Conceituação Genérica

Benefícios são certas regalias e vantagens concedidas pelas organizações, a título de pagamento adicional aos salários de seus funcionários. Constituem geralmente um pacote de benefícios e serviços que são parte integrante da remuneração do pessoal.
*
Tipos de Benefícios sociais

Há uma variedade de benefícios sociais, o que dificulta,até certo ponto, a sua classificação adequada. De um modo geral, os benefícios sociais podem ser classificados quanto à sua exigibilidade legal, quanto à sua natureza e quanto aos seus objetivos.

I. Benefícios de Exigibilidade legal
Os planos de benefícios podem ser classificados em legais ou espontâneos, conforme sua exigibilidade legal.

II. Benefícios Legais
São os benefíciosexigidos pela legislação trabalhista ou previdenciária ou ainda por convenção coletiva entre sindicatos. os principais benefícios são:
* Férias;
* 13° salário;
* Aposentadoria seguro de acidentes do trabalho;
* Auxílio doença;
* Salário família;
* Salário maternidade;
* Etc.
Alguns desses benefícios são pagos pela organização, enquanto outros são pagos pelos órgãos...
tracking img