Carboidratos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Processos Industriais Bioquímicos
Princípios de Bioquímica Biomoléculas Química dos Carboidratos

INTRODUÇÃO
Carboidratos, sacarideos sakcharon, açúcar. Por ano, a fotossíntese converte mais que 100 milhões de toneladas de CO2 e H2O em celulose e outros produtos das plantas

O amido é a base da alimentação mundial: custo baixo e elevado valor calórico

INTRODUÇÃO

São também chamadosglucídeos, glicídeos, O termo glúcide vem de glukus = doce; o termo glicídeo vem de glykys = doce. Nem todos os carboidratos são doces e simples, com são o caso das fibras alimentares

INTRODUÇÃO
Funções Biológicas:
Energética: A oxidação dos carboidratos são a principal via liberadora de energia! 4Kcal/g
Armazenamento de energia intermediários metabolicos e

Informacional: ligados alipideos e proteínas ---- comunicação celular e interação entre elas e outros elementos do ambiente celular. Estrutural: parede de células bacterianas(peptideoglicanos) e vegetais(celulose), exoesqueleto de artrópodes (quitina), matriz extracelular do tecido conjuntivo (hialuronato): lubrificante de articulações, estrutura DNA e RNA.

INTRODUÇÃO
Funções Biológicas:
Reconhecimento celular:glicoproteínas. Nas membranas plasmáticas; direcionamento intra e extracelular de proteínas

Fibra alimentar: porção derivada da parede celular das plantas que é insuficientemente digerida pelo homem. Gomas, pectinas, celulose.

ESTRUTURA
• As Oses (monossacarideos) que são glicideos mais simples são aldeídos ou cetonas com 2 ou mais hidroxilas. • São encontradas oses de 3, 4 , 5, 6 e 7 carbonos nanatureza.

CLASSIFICAÇÃO

• Monossacarídeos: formado por uma única unidade de polihidroxialdeídos ou polihidroxicetonas • Oligossacarídeos: cadeias curtas de monossacarideos • Polissacarídeos: cadeias longas de monossacarideos

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos

 Possui pelo menos um átomo de carbono assimétrico ou centro quiral.

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos
• Configuração dosmonossacarídeos – “D” ou “L” (par de enanciômeros) – D-glicose e D-frutose são respectivamente a aldose e a cetose mais abundante na natureza.

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos

Com 6 carbonos, aldoses tem 4 centros quirais: 16 isômeros opticos, 8D e 8L (diasteroisomeros)

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos

A denominação alfa significa que a hidroxila em C1está em lado oposto do anel em relação ao CH2OH no átomo de carbono que determina se a ose é D ou L, ou seja o C5. (na projeção de Haworth)

Glicose: 2/3 do anômero alfa, 1/3 beta e menos de 1% forma aberta A ESTRUTURA DO ANEL HEXAGONAL NÃO É PLANA E A FORMA EM CADEIRA COM OH EM EQUATORIAIS É FAVORECIDA.

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos
Além das hexoses simples (glicose, manose e galactose) háderivados no qual um grupo hidroxila é substituído ou um átomo de carbono é oxidado a acido carboxilico.

CLASSIFICAÇÃO- monossacarídeos
Monossacarídeos nao substituídos são agentes redutores

O íon Cu+1 produzido em condições alcalinas forma um precipitado vermelho de óxido cuproso: Reação de Fehling

CLASSIFICAÇÃO- oligossacarídeos

A Ligação Glicosídica: ocorre entre o carbonoanomérico de um monossacarídeo e qualquer outro carbono do monossacarídeo seguinte, através de sua hidroxilas e com a saída de uma molécula de água. • O tipo de ligação glicosídica é definido pelos carbonos envolvidos e pelas configurações de suas hidroxilas.

CLASSIFICAÇÃO- oligossacarídeos
LIGAÇÃO GLICOSÍDICA

CLASSIFICAÇÃO- oligossacarídeos

OLIGOSSACARÍDEOS MAIS IMPORTANTES CLASSIFICAÇÃO- oligossacarídeos
• Os dissacarídeos são formados por dois monossacarídeos unidos por ligação covalente. Existem vários dissacarídeos, como por exemplo: – Celobiose: glicose + glicose  (1-4) derivada da celulose – Maltose: glicose + glicose α (1-4). Está presente no malte e são subprodutos da digestão do amido e glicogênio. – Lactose: galactose + glicose (1-4). Está presente apenas no...
tracking img