Caraterização sitio kalunga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2943 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Caracterização Ambiental do Sítio Kalunga, município de Cavalcante-GO – Vão do Moleque e Vão de Almas



INFORMAÇÕES GERAIS



1 Identificação do Responsável Técnico


|Nome: |Rafael Martins Franco |
|Profissão: |Biólogo|
|CRBio nº: | 54479/04-P |
|CPF: |054.510.346-05 |
|Contato: |(34) 9177-1105; (34) 3234-6326 |






Colaboração TécnicaLeandro Fernandes Guimarães – Estagiário- Graduando em Biologia






1. Apresentação:


O presente relatório técnico corresponde à caracterização ambiental, a qual envolve o meio biótico (fauna e flora), de área de vegetação nativa localizada no Sítio Kalunga, região do Vão do Moleque e Vão de Almas, município de Cavalcante (GO), a qual faz parte do projeto “Segredos doCerrado” que realiza estudos e levantamentos arqueológicos nos traçados da linha de distribuição rural nesta localidade.



CARACTERIZAÇÃO DO MEIO BIÓTICO


A avaliação da fauna e flora da região foi feita nos mesmos locais dos levantamentos arqueológicos percorrendo transectos lineares ao longo de onde seriam instaladas as linhas de transmissão. Margens dos cursos d’água também forampercorridas quando possível.



2. Flora:



2.1.1. A vegetação da Chapada dos Veadeiros

A vegetação da Chapada dos Veadeiros é caracterizada por uma variedade de fisionomias classificadas com formações florestais, savânicas e campestres.
As formações florestais são aquelas em que o número de árvores é tal que as copas se entrelaçam, resultando numa grandecobertura do solo, evitando assim que se estabeleça o tapete de gramíneas, típico das savanas. Dentre elas, figuram: os Cerradões, as Matas de Galeria, as Matas Ciliares e as Matas Secas.
As formações savânicas são caracterizadas por um menos número de árvores, o que possibilita a penetração da luz solar até o solo coberto por um denso tapete de plantas herbáceas, principalmente gramíneas.Dentre essas, têm-se o Cerrado Denso, típico e ralo; Cerrado Rupestre, muito representado na Chapada; Parque Cerrado, onde as árvores se agrupam em pequenas elevações do terreno (murundus); os Palmeirais, quando uma espécie de palmeira domina a paisagem ( Buritizal, Macaubal ou Babaçual); e as Veredas, onde buritis predominam em meio a grupos de vegetação herbáceo-arbustiva.
As formaçõescampestres são assim chamadas por apresentarem poucas ou nenhuma árvore e arbusto, sendo caracterizadas por três principais tipos de fitofisionomias: Campo Sujo (úmido ou seco), Campo Limpo (úmido ou seco) e Campo Rupestre.


2.1.2. Metodologia


A identificação do material botânico foi realizada em campo, e quando isso não era possível, ramos vegetais foram coletados e identificadosatravés de comparação com fotografias de exemplares disponíveis na literatura botânica especializada, ou ainda levados até o Herbário da Universidade Federal de Uberlândia (HUFU) para identificação com especialistas botânicos.
.

1 Fitofisionomia Cerrado sentido restrito


De acordo com Ribeiro & Walter (1998) e CEMIG (1992, 2001) o Cerrado sentido restrito caracteriza-se pelapresença de árvores baixas, inclinadas, tortuosas, com ramificações irregulares e retorcidas, e geralmente com evidências de queimadas. Os arbustos e subarbustos encontram-se espalhados. Na época chuvosa os estratos subarbustivo e herbáceo tornam-se exuberantes devido ao seu rápido crescimento.
Os troncos das plantas lenhosas, em geral, possuem cascas com cortiça grossa, fendida ou sulcada, e...
tracking img