características do discurso filosófico

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 03

CARACTERISTICAS DO DISCURSO FILOSÓFICO. . . . . . . . . . . . . 04

Comparaçãocom o discurso científico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 05

CONCLUSÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . .06

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 07


















INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem como principalobjetivo aprimorar os conhecimentos sobre o discurso filosófico e comparar este com o discurso científico, sendo que ambos tratam de explicar o desconhecido. Gostaria de destacar alguns pontos que mechamaram a atenção: o filosófico apresenta suas ideias com uma maneira de menor compreensão, e o cientifico de maneira de mais simples e objetiva.CARACTERÍSTICAS DO DISCURSO FILOSÓFICO

Na antiguidade a filosofia e os discursos filosóficos eram ilimitados e inseparáveis.
Ilimitados porque, de um lado, se é filósofo não em função da originalidade ou daabundância do discurso filosófico que se inventou ou desenvolveu, mas em função da maneira pela qual se vive; e de outro, porque o discurso só é filosófico quando se transforma em modo de vida.Inseparáveis porque, de um lado, não há discurso que mereça ser denominado filosófico se está separado da vida filosófica; de outro, não há vida filosófica se não está estreitamente vinculada ao discursofilosófico inspirado e animado por ela. Existem três maneiras de considerar as relações entre vida filosófica e discurso filosófico:
1- A escolha de vida determina o discurso, e o discurso determinaa escolha de vida justificando-a teoricamente. O discurso filosófico é construído visando uma racionalidade rigorosa com o objetivo de fundar a racionalidade de uma determinada escolha de vida....