Capsulas poeticas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
De vez em quando a alegria
Joga pedrinhas na minha janela
Quer avisar-me que está ali esperandoMário Benedetti

As palavras são para mim
Corpos tocáveis, sereias visíveis,
Sensualidades incorporadasFernando Pessoa

Viva todos os dias
Como se fosse o último
Um dia você acerta
Luis Fernando Veríssimo

Nãodevemos temer a pobreza
Nem o exílio, a prisão ou a morte
Devemos ter medo é do próprio medo.
Epíteto de Frigia

Toda saudade é uma
espécie de velhice
Guimarães Rosa

Pessoas dormem
Pelajanela vento, som, luz
Penetram sem desmanchar sonhos

Raimundo Gadelha

Na minha língua...
Cada verso é uma
Outra geografia
Manuel Alegre

A esperança dança na corda bamba de sombrinha eem cada passo dessa linha pode se machucar

João Bosco

A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra
Provérbios 12; 25

Fica combinado assim:
Você louco por mim,Eu louca até o fim

Marta Medeiros
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão
Chico Buarque
Como todos os grandes apaixonados, gosto da delícia da perda de mim, em que ogozo da entrega se sofre inteiramente
Fernando Pessoa

O amor é como um raio
Galopando em desafio...
Quem tentar seguir seu rastro
Se perderá no caminho
Na pureza de um limão
Ou na solidãode um espinho Djavan

Nada de grande no mundo
é feito sem paixão
Hegel

O que me mantém vivo
É o risco iminente da paixão
E seus coadjuvantes, amor, Ódio, gozo e misericórdia

Rubem FonsecaOs homens pedem carne. Fogo. Sapatos. As leis não bastam,
Os lírios não nascem das leis

Carlos Drummond de Andrade
Lembra que o sono
é sagrado e alimenta
de horizontes o tempo
acordado,...
tracking img