Capoeira para deficientes visuais: visita ao projeto berimbau me guia

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA- CAMPUS GOIÂNIA
EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA
Aluna: Janaína B. Matos

VISITA AO PROJETO BERIMBAU ME GUIA

O Projeto de “Capoeira Berimbau me guia” foi idealizadopelo professor Gabriel Socas, empresário, formado em administração. Implementado em Florianópolis desde o ano de 2008, trata-se de uma iniciativa sem fins lucrativos que oferece aos alunos comdeficiência visual aulas duas vezes por semana na Associação Catarinense de Integração dos Cegos, em Florianópolis – SC.
Foram realizadas várias visitas aos treinos e aos eventos de graduação desse grupo. Aentrevista com o professor, no dia 30 de maio de 2012, foi realizada via Rede Mundial de Computadores, esta entrevista com os alunos foi feita pelo professor a meu pedido, porém eu pessoalmente jáhavia conversado com os mesmos em outra oportunidade, sem no entanto registrar as respostas.
Segundo Gabriel, “para ser um capoeirista a pessoa não necessita ter as melhores habilidades, nem um corpoideal, com todos os seus sentidos no mais perfeito estado, o fator mais importante, que será o quesito para sua superação, é a paixão pela arte.” Gabriel é voluntário na instituição. Em parceria com aprofessora de Educação Física da ACIC, conta que não foi difícil começar o trabalho, pois a capoeira era algo que encantava os alunos e alguns já haviam praticado a modalidade antes de se tornaremcegos. Gabriel também fala que inicialmente sua idéia era publicar um livro com suas experiências, porém não chegou a fazê-lo.

DO LOCAL
A ACIC é uma instituição fundada em 18/6/77, de caráterprivado, sem fins lucrativos, de âmbito estadual que mantém-se através de convênios com instituições públicas e/ou privadas, doações, promoções comunitárias e a contribuição de seus associados. O terreno abrange 300 mil m² e o projeto arquitetônico prevê 6000m² de área construída, sendo que atualmente o prédio já tem mais de 2000m². Nesse espaço estão presentes muitas salas de aula,...
tracking img