capitulo 8

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1040 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

O Brasil em 2014 irá receber a Copa do Mundo de Futebol. Um evento grande, importante e único pra o nosso país, na qual está se tornando um verdadeiro descaso a saúde pública, com a educação das nossas crianças e jovens , com os direitos humanos. A corrupção o superfaturamento. Não existe pensamento de longo prazo, planejamento, agilidade, relação de custos benefícios nos estádios, completaaversão ao compromisso social (campanhas contra exploração sexual - ingressos acessíveis), manipulação midiática, "Amor ao futebol", existe sim, mas parte dele é a falta de opção do povo brasileiro, infelizmente é o país só do futebol.
*A COPA DO FIM DA SOBERANIA - Para poder receber a Copa do Mundo, o governo brasileiro resolveu abrir mão da soberania do país, que em tese estaria garantida noartigo 1º da Constituição Federal. Fez isso ao oferecer, ao longo do tempo, uma série de garantias à Fifa nas quais se compromete em acatar todas as demandas impostas pela entidade.
*A COPA DA EXPLORAÇÃO SEXUAL- Em um país onde reina a pobreza e a cultura do machismo, a realização da Copa do Mundo, com a consequente chegada de milhares de turistas, só fará aquecer ainda mais as redes dealiciamento que se beneficiam do mercado da exploração sexual .
*A COPA DOS ELEFANTES BRANCOS- De acordo com a ONG “Contas Abertas”, pelo menos quatro dos 12 estádios construídos e/ou reformados para a Copa vão se transformar em elefantes brancos – isto é, obras caras, vultosas, mas subutilizáveis. Ex: Os estádios de Brasília, Cuiabá, Manaus e Natal não deverão sair por menos que 2,8 bilhões de reaisno total.
*A COPA DAS REMOÇÕES- A Ancop (Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa) estimou que 250 mil pessoas foram ou serão removidas de suas casas no Brasil, em razão de obras justificadas pela realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Há dificuldade em encontrar o número exato de pessoas afetadas pelas remoções, pois o poder público das cidades-sede frequentemente se nega oudiz não ter informações sobre os despejos. Portanto, em nome da Copa do Mundo, graves violações de direitos humanos foram e estão sendo cometidas. Comunidades inteiras foram e estão sendo riscadas do mapa, desorganizando a vida de milhares de pessoas, destruindo laços comunitários de décadas e criando traumas psicológicos permanentes. Tudo no decorrer de processos marcados pela verticalidade,truculência e falta de transparência do poder público.
*A COPA DA ELITIZAÇÃO- Para poder receber a Copa do Mundo, governos e clubes foram obrigados a construir e reformar estádios obedecendo a um “padrão Fifa de qualidade”. Isto significou que estádios deixam de ser “estádios” e passam a ser chamados de “arenas”, onde tudo é de última geração: do telão que mostra os lances do jogo ao estofado dascadeiras. A princípio tratam-se de novidades positivas, mas que só resistem ao nível da aparência. Na prática, há um trágico efeito colateral em curso: os custos das novas arenas são embutidos no preço dos ingressos, que ficam mais caros, gerando uma pérfida elitização do futebol.
*A COPA DA REPREENÇÃO- Mais preocupante que a campanha orquestrada para desqualificar os que criticam a Copa é omovimento orquestrado pelo Estado brasileiro para expandir o aparato repressivo visando sufocar protestos durante o megaevento – e muito provavelmente, depois. Este movimento tem atuado em duas frentes: uma legislativa e outra ostensiva (policial e militar). O projeto de lei 728/2011, de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB), pretende tipificar o crime de terrorismo no Brasil. Atualmente emtrâmite no Senado, caso seja aprovado, este projeto criará um subterfúgio jurídico para que tribunais possam enquadrar movimentos sociais e manifestantes que supostamente promovam a ação direta como recurso durante manifestações. Já na frente ostensiva, o cenário é ainda mais chocante. O governo federal já gastou quase 50 milhões de reais em armamento menos letal, que inclui granadas de todos os...
tracking img