Capitulo 5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- O que significa dizer que a Filosofia está na história e tem uma história?
Ela está na história pelo fato de se manifestar e exprimir problemas e as questões que os homens colocam para si diantedo novo não conhecido e ela tem uma história, pois ela esta frequente no dia a dia das pessoas, que usa da mesma para entender e solucionar problemas sociais do mundo antigo e atual.
2-Que ideiasnovas a patrística introduziu na Filosofia grega? Por que tais ideias são consideradas dogmas?
A idéia da criação do mundo, do pecado original, de Deus como trindade una, de encarnação e morte de Deus,de juízo final ou de fim dos tempos e ressurreição dos mortos, etc. Precisou também explicar com o mal pode existir no mundo, já que tudo foi criado por Deus, que é pura perfeição e bondade.Introduziu, sobretudo com Santo Agostinho e Boécio, a idéia de “homem interior”, isto é, da consciência moral e do livre-arbítrio, pelo qual o homem se torna responsável pela existência do mal no mundo.3-Qual a posição dos filósofos cristãos sobre as relações entre fé e razão?
A razão se subordina totalmente à fé, pois o critério supremo da verdade é o dogma, a revelação divina. A razão abdica de suasexigências próprias em favor de uma instância meta-racional, cuja autoridade não se discute. A razão é instrumento não de demonstração, mas de afirmação da fé.
4-Quais os grandes temas da filosofiamedieval?
Dois grandes temas irão nortear a filosofia medieval: o homem e Deus. A filosofia cristã comportou dois grandes períodos: a filosofia dos Padres da Igreja, ou Patrística, que foi até o séculoV, e a filosofia dos Doutores da Igreja, ou Escolástica, que foi até o século XIV.
5-Nesuma as tres grandes linhas da filosofia da renascença e explique por que exprimem o humanismo renascentista ?As 3 linhas da filosofia são:

-O humanismo marxista que é uma linha interpretativa de textos de Marx, geralmente oposta ao materialismo dialético de Engels e de outras linhas de interpretação...
tracking img