Capitaismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula-tema 01: A Sociologia da Educação e os Enfoques Teóricos da Sociologia na Educação: o Positivismo de Auguste Comte
A Sociologia é uma ciência voltada ao estudo da sociedade, das relações e das configurações sociais. De modo geral, é possível dizer que os sociólogos visam, portanto, compreender as características e o funcionamento das sociedades.
Muitas ciências são influenciadas por análisessociológicas, como é o caso da Pedagogia. Isso porque é importante que os educadores estejam conscientes da relação existente entre a sociedade, o indivíduo e a educação.
As sociedades são bastante diversas. Quando olhamos para diferentes países, conseguimos observar claramente as diferenças existentes entre os indivíduos: a maneira como estes se comportam, suas respectivas crenças, do que sealimentam, enfim, constatamos a existência de culturas variadas, de povos que são diferentes uns dos outros.
Aliás, dentro de um mesmo país pode existir uma considerável diversidade cultural. Pense no Brasil e nas diferenças regionais entre o Nordeste e o Sudeste. Podemos dizer que existe uma cultura do baiano e uma cultura do carioca. Mesmo que ambos compartilhem a identidade nacional brasileira,eles são indivíduos diferentes entre si.
Podemos, então, nos perguntar: mas o que faz um baiano ser diferente de um carioca? E a resposta a essa questão passa pelo fato de que diferentes culturas geram diferentes processos de socialização, isto é, quando nascemos dentro de uma determinada sociedade, esta nos constrói, como indivíduos, dentro de seus princípios culturais específicos. E, dentro dessaformação, desse socializar, está também o processo de educar.
Dizemos, portanto, que cada sociedade possui um tipo particular de educação. A educação é reflexo do contexto social na qual ela está inserida, ou seja, o social direciona o educar. Por isso, a educação na Bahia possui aspectos que a diferenciam da educação oferecida no Rio de Janeiro.
Um educador deve estar atento ao contexto em queatua para garantir uma educação que atinja os seus objetivos, isto é, garantir que suas ações de fato eduquem. Dar aulas em áreas urbanas e rurais ou mesmo em bairros ricos e pobres, de uma mesma cidade, requer estratégias diferenciadas. Em outras palavras, o professor precisará se adaptar às particularidades desses diferentes contextos sociais, o que inclui desde a maneira como ele fala com osalunos até o tipo de conteúdo que ele trabalha em sala de aula.
Sendo assim, a Sociologia auxilia a Pedagogia a estabelecer as necessárias conexões entre a sociedade e o educar, reforçando a necessidade de um educador olhar para o seu aluno de maneira ampla, isto é, como parte e resultado de um contexto social.
Para entender as principais discussões da Sociologia da Educação, ao longo do curso,estudaremos algumas obras de grandes sociólogos.
A Sociologia surgiu por volta do século XIX na França, mas consolidou-se como ciência ao longo do século XX. O processo de formação da Sociologia como uma nova disciplina científica foi um momento no qual o mundo estava sofrendo os efeitos de importantes transformações, por exemplo:
- Revolução Científica: surgiam muitos avanços técnicos.
- Iluminismo:valorização do materialismo e crença absoluta na razão humana.
- Avanço das Ciências Naturais: explicações religiosas perdiam espaço.
- Revoluções políticas, especialmente ocorridas na França (Revolução Francesa) e na Inglaterra (que despontaria na Revolução Industrial).
O contexto apresentado acima aponta para as diversas mudanças ideológicas e culturais que estavam ocorrendo nas sociedades. Dessaforma, algumas pessoas passaram a repensar o mundo e a forma de viver, com o desejo de intervir na configuração da nova realidade em construção.
Foi nesse cenário que o pensador francês Auguste Comte (1798-1857) destacou a Sociologia (inicialmente chamada por ele de Física Social) como designação de uma nova ciência e o Positivismo como uma nova corrente de pensamento.
Na perspectiva de Comte,...
tracking img