Capacitao deagentes comunitarios de saude:prevencao de acidentes domesticos com criancas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6126 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Brasília-UnB
Faculdade de Ceilândia – FCE
Estagio supervisionado I
















Trabalho Final do Estagio Supervisionado I: Intervenção e Relatório Final












Dezembro, 2011

























Professora: Aldira

Aluna: Luciana Maria Marques de Deus
Matricula: 10/46403Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde sobre a prevenção de acidentes domésticos com crianças.


A Estratégia saúde da família e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) propõem um novo modo de cuidar da saúde, tendo a família como um objeto de atenção, considerando o seu contexto social, econômico e cultural. O agente comunitário de saúde(ACS) é considerado o elo entre a comunidade e a equipe de saúde e, dessa forma, eles devem estar bem capacitados para identificar os riscos a que sua comunidade está exposta e orientar as famílias sobre o que fazer diante deste risco.
Considerando a importância da capacitação dos ACS, a secretaria de saúde do DF oferece um curso introdutório inicial para a preparação de novos agentescomunitários de saúde que chegam à rede, um curso técnico de Agentes comunitários de Saúde e realiza, em parceria com outras instituições, ações voltadas para a educação permanente desses profissionais.
Segundo a Secretaria de Saúde do DF, o curso introdutório inicial oferecido e as diversas ações voltadas à educação permanente dos Agentes Comunitários de Saúde, atende as diretrizes curricularesestabelecidas pelo Ministério da Saúde e estão voltadas para que os ACS possam atuar como profissionais de nível básico, junto às equipes de saúde, desenvolvendo ações de cuidado e proteção à saúde de indivíduos e grupos sociais.
Já o curso técnico oferecido pela Secretaria de Saúde do DF faz parte do eixo II Organização e Qualificação do Processo de Trabalho do Plano de Reorganização daAtenção Primaria em Saúde (APS) a ser implementado no período de 2007 a 2014, estando de acordo com um referencial teórico elaborado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação, possuindo uma estrutura curricular dividida em três etapas:
Etapa I - Formação Inicial: contextualização, aproximação e dimensionamento do problema. O perfil do técnico Agente Comunitário deSaúde e seu papel no âmbito da equipe multiprofissional da rede de básica do SUS.
Etapa II - Desenvolvimento de competências no âmbito da promoção da saúde e prevenção de doenças, dirigidas os indivíduos, grupos específicos e doenças prevalentes.
Etapa III - Desenvolvimento de competências no âmbito da promoção, prevenção e monitoramento das situações de risco ambiental e sanitário.Nesse sentido, foram encontradas exigências mínimas de conhecimento estipuladas pelo Ministério da saúde, para os Agentes Comunitários de saúde que são aqui apresentadas:
• As Competências dos ACS;
• O papel do ACS na comunidade;
• Noções de Higiene física e mental;
• Noções de nutrição;
• Higiene ambiental;
• Saúde da criança, do adolescente, do adulto, edo trabalhador;
• Doenças relacionadas ao trabalho e doenças mais comuns do trabalhador;
• Princípios para o trabalho em equipe;
• Conhecimentos em epidemiologia e controle de doenças;
• Noções sobre doenças como a dengue, hipertensão arterial sistêmica, diabetes, tuberculose, esquistossomose, entre outras;
• Noções (prevenção, forma de contagio, sinais e sintomas) sobreas DST;
• Planejamento familiar e métodos anticoncepcionais;
• Critérios para referenciar pacientes ao posto de saúde;



Situação-Problema.

Diante do exposto e das vivencias do Estagio Supervisionado I foi observado que o Centro de saúde 10 da Ceilândia não desenvolve nenhuma atividade para a prevenção de acidentes domésticos com crianças apesar da grande quantidade de...
tracking img