Capacidade contributiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceito, objeto e objetivo da Contabilidade:
Segundo D’Áuria a contabilidade é a ciência que estuda e pratica as funções de orientação, controle e registro relativos aos atos e fatos da administração econômica.
Já Hendriksen cita que a contabilidade é um processo de comunicação de informação econômica para propósitos de tomada de decisão tanto pela administração como por aquelesque necessitam fiar-se nos relatórios externos.
O objeto da contabilidade é o patrimônio, já o objetivo é o controle desse patrimônio, fornecendo informações sobre seus usuários.

Escrituração contábil:
Segundo o Código Civil Brasileiro, sob a Lei 10.406/2002, artigo 1.179, “o empresário e a sociedade empresária são obrigados a seguir um sistema de contabilidade, mecanizado ou não,com base na escrituração uniforme de seus livros, em correspondência com a documentação respectiva, e a levantar anualmente o balanço patrimonial e o de resultado econômico.
A escrituração contábil é o registro de fatos contábeis de acordo com o método das partidas dobradas considerando o plano de contas e observando os princípios e normas contábeis.
Dentro da contabilidade sãoregistrados todos os fatos contábeis, e para isso utiliza-se os livros de escrituração. Os principais livros usados são os livros diário e razão.
O Livro Diário é utilizado para lançar todas as movimentações diárias da empresa (recebimentos, pagamentos, aplicações, transações bancárias etc.), é obrigatório e esses laçamentos são feitos em ordem cronológicas,
Já o Livro Razão é facultativoe usado para lançar a movimentação dividida por contas individuais.

A contabilidade na Gestão Empresarial:
A contabilidade é uma ferramenta indispensável para a gestão de negócios. De longa data, contadores, administradores e responsáveis pela gestão de empresas se convenceram que as informações contábeis vão além de um simples cálculo de impostos e atendimento de legislações comerciais,previdenciárias e legais.
Através das informações contábeis, o gestor empresarial terá condições de verificar como estão os resultados entre outras informações de controle para o sucesso da empresa.
A contabilidade para uso gerencial deve ter:
1.   Contas bancárias devidamente “fechadas” com os respectivos extratos, sendo as diferenças demonstradas e que tais diferenças não afetemo resultado pelo regime de competência. Admite-se, tão somente, as típicas “pendências” bancárias, como cheques não compensados e pequenos valores de débitos e créditos a ajustar. Valores expressivos, como débitos de juros e encargos sobre financiamentos, devem estar contabilizados.
2.   Provisões de Férias e 13º Salário feitas mensalmente, com base em relatórios detalhados do departamento derecursos humanos. A falta de provisão mensal distorce as demonstrações contábeis, pois o regime de competência não é atendido.
3.    Depreciações, amortizações e exaustões, contabilizadas com base em controles do patrimônio.
4.    Registro dos tributos gerados concomitantemente ao fato gerador, efetuando-se também a Provisão do IRPJ e CSLL, conforme regime a que está sujeito a empresa(lucro real, presumido ou arbitrado).
5.   Nas empresas que se dedicam às atividades imobiliárias, optar por contabilizar custos orçados das obras. Outras atividades também exigirão técnicas contábeis específicas, como as cooperativas e as instituições financeiras.
6.    Receitas, custos e despesas, reconhecidas pelo regime de competência.

Demonstrações Contábeis – Balanço Patrimonial eDemonstração do Resultado do Exercício
As Demonstrações Contábeis são preparadas e apresentadas para usuários externos em geral, tendo em vista suas finalidades distintas e necessidades diversas, são parte integrante das informações financeiras divulgadas por uma entidade.
Fazem parte das demonstrações contábeis, o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício, etc....
tracking img