Capabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPABILIDADE DE PROCESSOS
Duas questões importantes são normalmente colocadas quando se avalia o desempenho de um processo. 1. A primeira, refere-se à “manutenção da condição de controle durante longos períodos de tempo”. Para respondê-la, as cartas de controle desempenham um papel fundamental. 2. A segunda, se aplica a processos mantidos em condição estável ou aproximadamente estável durantelongos períodos de tempo, e pode ser formulada da seguinte maneira: O processo atende de forma eficiente os requisitos impostos ao produto?

CAPABILIDADE DE PROCESSOS
No contexto do CEP, os estudos de capacidade ou capabilidade destinam-se a responder precisamente esta questão. Nesses estudos, a eficiência é entendida como sinônimo de baixo nível de não conformidade. Quando o produto é avaliadopor variáveis sujeitas à limites de especificação, o nível de não conformidade é medido por índices que procuram relacionar a tolerância especificada com a variabilidade natural do processo.

1

CAPABILIDADE DE PROCESSOS



LIE

LSE

CAPABILIDADE DE PROCESSOS
Muito já se escreveu sobre os problemas relacionados com o uso de índices de capacidade e é importante que os praticantes deCEP entendam que: •os índices de capacidade tradicionais não têm sentido se os dados utilizados para determina-los forem provenientes de um processo fora de controle. •os resultados obtidos nos estudos de capacidade são fortemente influenciados pela distribuição estacionária do processo.

2

CAPABILIDADE DE PROCESSOS

Especificação: 10 ± 4 σ = 0,937137 S = 0,953158 µ = 9,94

CAPABILIDADEDE PROCESSOS

Qual o Cp do processo anterior? Cp = 14 – 6 . = 1,3988 6 * 0,953158

3

CAPABILIDADE DE PROCESSOS
Cp não muda se a média do processo mudar:


LIE LSE


LIE LSE

Cp = 1

Cp > 1


LIE LSE


LIE LSE

Cp Cp = 11 <

Cp > 1

CAPABILIDADE DE PROCESSOS

Cpk = (9,94 – 6)/ (3 * 0,953158 ) = 1,377876

4

CAPABILIDADE DE PROCESSOS

CAPABILIDADE DEPROCESSOS

5

CAPABILIDADE DE PROCESSOS
Uma estimativa do desvio padrão da população pode ser obtida do CEP calculando: σ = R/d2

6

O peso líquido em g de um alvejante em pó deve ser monitorado pelos gráficos x-barra R usando amostras de tamanho n = 4. Dados para 20 amostras preliminares são os seguintes: Subgrupo x1 x2 x3 x4 X-barra R 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 2015,8 16,3 16,1 16,3 16,1 16,1 16,1 16,2 16,3 16,6 16,2 15,9 16,4 16,5 16,4 16 16,4 16 16,4 16,4 16,3 15,9 16,2 16,2 16,1 15,8 16,3 16,1 16,2 16,3 16,4 16,6 16,1 16,3 16,1 16,2 16,2 16,2 16 16,4 16,2 15,9 16,5 15,9 16,4 16,7 16,5 16,2 16,4 16,4 15,9 16,7 16,6 16,2 16,3 16,3 16,4 16,4 16,3 16,5 16,1 16,2 16,4 16,4 16,5 16,6 16,1 16,1 16,3 16,1 16,3 16,2 16,4 16,3 16,2 16,3 16,3 16,5 16,4 16

a)Construa o gráfico x-barra R usando esses dados. O processo está sob controle? b) Estima a média e o desvio padrão do processo. c) Se as especificações forem 16,2 ± 0,5, quais suas conclusões sobre a capabilidade do processo.

CAPABILIDADE DE PROCESSOS
Valores de Referência. Praticantes de CEP costumam considerar capaz um processo que tenha Cpk ≥ 1,33. Um processo com 1,00 ≤ Cpk < 1,33 éconsiderado apenas marginalmente capaz. Vária empresas sugerem (agora) que valores ainda mais altos sejam mantidos por seus fornecedores. A tabela e o exemplo seguintes nos dão uma indicação do nível de melhoria necessário para um processo atender requisitos mais severos de capabilidade.

7

A tabela abaixo nos dá alguns valores da fração não conforme do processo para diferentes valores de Cp e δ/σ.Onde δ é o desvio da média em relação a especificação.

8

9

10

11

Resumo. Índices de capacidade só fazem sentido para processos estáveis. Assim, procure examinar primeiro as cartas de controle. Uma vez evidenciado o estado de controle, o estudo de capacidade pode ser conduzido. Os índices são muito sensíveis à mudanças na distribuição estacionária do processo. Se ela não for...
tracking img