Cancer osseo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1501 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumario

1 Objetivo_______________________________________4
2 Introdução _____________________________________5
3 Tabela de índices________________________________6
4 Osteossarcoma__________________________________7
4.1 Tumor de Ewing____________________________7
5 Condrossarcoma_________________________________8
5.1 Condrossarcoma Primaria (Medular)____________8
5.2Condrossarcoma Secundário__________________8
6 Conclusão______________________________________10
7 Bibliografia_____________________________________11

Câncer Ósseo

Objetivos
O trabalho tem como objetivo analisar os diversos tipos de câncer e quais são os índices de metástase que os mesmo apresentam.

Introdução
Osteoblastos, osteócitos e osteoclastos, são ascélulas ósseas responsáveis para manter a homeostasia do tecido ósseo. Osteoblastos secretam matriz constituída principalmente de colágeno do tipo I, e quantidades variáveis de proteínas não colagenosas (entre elas, osteopontina, osteonectina, sialoproteína e ostecalcina) para formação de uma matriz extracelular chamada de osteóide. Subseqüentemente esta matriz é modelada e remodelada, e por fimmineralizada. Quando da produção da matriz osteóide, osteoblastos que ficam presos em meio a esta matriz diminuem seu metabolismo e dão origem aos chamados osteócitos. Osteoclastos são as células responsáveis pela reabsorção óssea, tendo uma participação importante no processo de formação óssea. Fica claro que para manter estes e outros processos em bom funcionamento, é necessário que exista umacomunicação direta entre as células, evitando desta maneira, que existam falhas que levem a perda desta homeostasia. As estruturas moleculares, responsáveis por esta comunicação são chamadas junções do tipo gap, constituídas de sub-unidades de nome conexinas. Estas Junções do tipo gap, agem nos tecidos ósseos permitindo a passagem de moléculas entre as células, fazendo com que o osso funcionecomo um “sincício funcional”, transmitindo de forma rápida e eficaz, mensagens entre os constituintes celulares dos ossos. Conexinas tem sido associada a processos neoplásicos e com principal enfoque voltado para a sua capacidade supressora de tumor. Ossos como qualquer outro órgão do organismo de vertebrados, são passiveis de transformação neoplásica. Sendo assim o estudo da expressão dasconexinas nos tecidos ósseos se fazem de extrema relevância, pois o conhecimento do comportamento destas proteínas, na fisiologia dos ossos assim como na patofisiológia dos tumores, são ferramentas importantes na busca de melhores prognósticos, e de melhorias na terapêutica associada a estes tipos de tumores.
Os tumores malignos ósseos primários ou cânceres ósseos são aqueles que formam nas células dosossos. Eles constituem tipos raros de câncer e são responsáveis por menos de 1% do total de casos novos de câncer, porém sua incidência, correspondendo a cerca de 8% dos casos de câncer infantil, sendo o 4° tipo mais comum nesta faixa etária. Os tipos mais frequentes de câncer ósseo são o Osteossarcoma, o Tumor de Ewing e o Condrossarcoma.

As metástases ósseas são a forma mais comum detumores ósseos malignos e todo tumor maligno pode eventualmente produzir metástases ósseas. As metástases ósseas podem estar associadas com dor e grave incapacidade, e dar origem a complicações mais sérias. No entanto, raramente causam a morte. Geralmente os pacientes morrem devido ao câncer primário e por complicações a ele relacionadas. Nas tabelas abaixo podemos observar os índices de tumoresprimários que apresentaram metástase óssea e os locais mais comuns de metástases ósseas.
Tabela de índices

Local | Porcentagem | Local | Porcentagem |
Mama | 49.6% | Linfoma | 01.5% |
Mieloma | 10.5% | Cólon | 01.5% |
Rim | 09.6% | Bexiga | 00.8% |
Pulmão | 09.0% | Leucemia | 00.8% |
Próstata | 04.9% | Útero | 00.6% |
Tireóide | 03.7% | Estômago | 00.5% |
Desconhecido | 03.0% |...
tracking img