Cancer de mama epidemiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Patologias Malignas da Mama: - Epidemiologia - Genética - Fatores de Risco - Classificação
Orientador: Dra. Marta de Betânia Residente: Dr. Lúcio Ribeiro

Patologias Malignas da Mama

 Epidemiologia

Patologias Malignas da Mama





Epidemiologia Importante causa de doença e morte no Brasil e no mundo 17% dos óbitos, de causa conhecida, notificados em 2007

Fonte: Ministérioda Saúde (Brasil) – INCA, 2011

Patologias Malignas da Mama
  





Epidemiologia Estimativa de novos casos: 49.240 (2010) Número de mortes: 11.860, sendo 11.735 mulheres e 125 homens (2008) Número de mortes: 11.860, sendo 11.735 mulheres e 125 homens (2008) Aumento na Incidência:  Países desenvolvidos: mortalidade menor  Países em desenvolvimento: mortalidade maior Sobrevidamundial após 05 anos  Países desenvolvidos 73%  Países em desenvolvimento 57%

Fonte: Ministério da Saúde (Brasil) – INCA, 2011

Patologias Malignas da Mama
  




Epidemiologia No Brasil, o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo Incidência no Brasil: 50.7/100.000 mulheres (2008 e 2009) Incidênciano DF: 51,1/100.000 mulheres

Fonte: Ministério da Saúde (Brasil) – INCA, 2011

Patologias Malignas da Mama
  

Epidemiologia Nos EUA uma em cada 9 mulheres que viverão até os 85 anos desenvolverá tumor de mama A taxa de sobrevida para ca de mama localizado, aumentou de 78% em 1940 para 93% em 1993 – mamografia Após 10 anos 75% dos casos com axila negativa estarão vivas. Quando a axilaé positiva, apenas 25% estarão vivas Uma mulher com 70 anos tem quase 10 vezes o risco de uma mulher de 40





American Cancer Society

Patologias Malignas da Mama
 Incidência de ca feminino nos EUA
35 30
25

porcentagem 20
15 10 05

American Cancer Society

Patologias Malignas da Mama
 Morte por ca feminino nos EUA
35 30 25 porcentagem 20 15 10 05

American CancerSociety

Patologias Malignas da Mama

Fonte: Ministério da Saúde (Brasil) - INCA

Patologias Malignas da Mama

INCA
Fonte: Ministério da Saúde (Brasil) – INCA, 2011

Patologias Malignas da Mama

Patologias Malignas da Mama

Patologias Malignas da Mama

Patologias Malignas da Mama

Patologias Malignas da Mama

Patologias Malignas da Mama



Genética

PatologiasMalignas da Mama
 Genética

Patologias Malignas da Mama
BASE GENÉTICA



-

-

Oncogenes Genes controladores da apoptose Genes reparadores de danos ao DNA Genes supressores de tumor (BRCA1, BRCA2 e TP53)

Patologias Malignas da Mama
 Genética

Revista Brasileira de Cancerologia 2009; 55(3): 263-269

Patologias Malignas da Mama
 Genética

- BRCA1 - BRCA2 - p53

GENESSUPRESSORES DE TUMOR

Controle do crescimento e morte celular

Patologias Malignas da Mama
 Genética

Patologias Malignas da Mama
 Genética

Patologias Malignas da Mama
 Genética







  

TP 53 Cromossomo 17 (17p13. 1) Gene supressor de tumor (“guardião do genoma”) A proteína p53 prolonga o tempo do ciclo celular, induzindo ao reparo do DNA ou a apoptoseInativado por mutações pontuais Relação com a Síndrome de Li-Fraumeni Mutação presente em 50% dos CM esporádicos Nas linhagens germinativas, está presente em menos de 1%

Patologias Malignas da Mama
 Genética

 

Sindrome de Li-Fraumeni Mutação do gen p53 do cromosoma 17 Aumenta o risco de:  Câncer de mama  Sarcoma nos ossos e tecidos moles  Tumores cerebrais  Leucemia Aguda  Carcinoma demedula suprarrenal

Patologias Malignas da Mama
 Genética



Ativação dos oncogenes

HER-2 basta ocorrer a modificação em um dos cromossomos alelos a) Estimula o crescimento tumoral, pelo incentivo à divisão celular b) Inibição da apoptose  Maior agressividade e resistência à quimio e hormonioterapia  Herceptin® (trastuzumabe) Anticorpo contra receptores de HER2

Patologias...
tracking img