Canais ionicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (696 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CANAIS IÔNICOS
1. Explique o modelo do mosaico fluido e sua importância.

O modelo proposto por S. J. Singer e G. L. Nicolson na década de setenta do século XX é o mais aceito hoje. Segundoeste modelo, a M.P. é uma estrutura dinâmica e fluida cuja constituição básica é uma bicamada de colesterol e fosfolípideos que formam a bicamada lipídica. Sua composição se completa com carboidratos quejuntos com os fosfolipídeos formam os glicolipídeos, além das proteínas que junto com os carboidratos foram as glicoproteínas. O modelo mosaico fluido é importante para definir a estrutura damembrana plasmática das células. A membrana celular permite a delimitação da célula com o ambiente extra-celular lhe permitindo uma composição diferente da externa. Já os glicolipídeos e glicoproteínas sãoresponsáveis pela estabilidade estrutural dessa membrana pelo reconhecimento celular e por participar das respostas imunológicas.
2. Diferencie osmose e difusão simples.
Osmose: nome dado aomovimento da água (solvente) entre meios com concentração diferentes de solutos deparados por uma membrana semipermeável. A água se movimenta de um meio hipotônico (menos concentrado) para o hipertônico(mais concentrado) para igualar as concentrações químicas.
Difusão simples: corresponde ao movimento das partículas (soluto) de onde estão mais concentradas para o meio em que estão menos concentradasa fim de igualar a concentração. Como exemplo pode-se citar o oxigênio e o gás carbônico.
P.s: Em ambas não há o gasto de ATP, logo são processos passivos
3. Diferencie difusão facilitada etransporte ativo.
Difusão facilitada: é um processo passivo de transporte na M.P. em que algumas proteínas da membrana, chamadas permeases, atuam facilitando a passagem de certas substâncias. A moléculaliga-se a uma proteína carregadora tornando possível a passagem de solutos polares já que a interação com a proteína da M.P. diminui a energia de ativação necessária para o transporte. Exemplo:...
tracking img