Calor umido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2793 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EstErilização

como funcIona uma autoclave
Gerson R. Luqueta
Introdução Nos últimos tempos, a polêmica em torno da esterilidade dos artigos para a saúde e a necessidade de descarte seguro de artigos biologicamente contaminados tem tomado conta da mídia. Estando os esterilizadores a vapor no foco da discussão, vamos explorar no presente artigo as principais características destes equipamentose os pontos importantes a serem observados para a obtenção de um artigo estéril com qualidade e segurança. Dada a infinidade de modelos de esterilizadores, focaremos nosso estudo nos esterilizadores a vapor de câmara horizontal, que são os modelos mais difundidos e comercializados atualmente. Breve
hIstórIco

prIncípIo da esterIlIzação por calor úmIdo -

o

uso do vapor como agenteesterIlIzante é uma prátIca comum mesmo antes dos prImeIros estudos de mIcroBIologIa comprovarem sua efIcácIa

O uso do vapor como agente esterilizante é uma prática comum mesmo antes dos primeiros estudos de microbiologia comprovar sua eficácia. Os registros mais antigos do uso do vapor para a conservação de alimentos foram feitos no século XVI, mas foi, a partir de século XIX, que tal técnicadifundiu-se para a esterilização de artigos, materiais, alimentos, etc. A mais famosa autoclave utilizada até os dias atuais talvez seja aquela que leva o nome do seu idealizador, o físico e biólogo Charles Chamberland (1851-1908). Neste tipo de esterilizador, uma fonte de calor na base do dispositivo gera a energia necessária para vaporização da água em seu interior e, à medida que o vapor vai sendogerado, a mistura ar-vapor que surge vai sendo retirada por uma válvula mecânica na parte superior do recipiente, até que se obtenha o máximo de vapor saturado, a uma dada temperatura e pressão, de acordo com a lei dos gases ideais. A partir deste ponto inicia-se a contagem de tempo de exposição e, ao término deste, descarrega-se o vapor da câmara e retira-se o material. Este sistema apresenta aconveniência da simplicidade aliada à eficácia de esterilização, mas é inadequado em processos que requeiram artigos secos, velocidade de processo ou grandes volumes. O avanço tecnológico e os novos desafios microbiológicos fizeram surgir, na primeira metade do século passado, equipamentos mais desenvolvidos, utilizando-se de bombas de vácuo para retirada do ar ao invés do sistema gravi-Esterilizador a vapor
Setembro 2008

25

C o n t r o l e d e C o n t a m i n a ç ã o 11 3

Arquivo do autor

EstErilização

fIgura 1 - autoclave K D A

esterIlIzação

por calor



defInIção

E

B C

L M J H J N F I
Onde: a. Filtro de ar B. Válvula de segurança da câmara interna C. Válvula de entrada de vapor na câmara interna D. Válvula de entrada de ar na câmara interna E.Válvula de entrada de vapor na camisa (câmara externa) F. Bulbo do dreno e câmara do sensor de temperatura G. Conjunto de vácuo (Bomba de vácuo) H. Câmara interna i. Câmara externa (camisa de aquecimento) J. Porta K. Manômetro da câmara externa l. Manovacuômetro da câmara interna M. Entrada de validação N. Pórtico de alimentação de vapor.

G

A Farmacopéia Brasileira define o processo deesterilização como “Método...tem por finalidade remover ou destruir todas as formas de vida, animal ou vegetal,macroscópicas ou microscópicas, saprófitas ou não, presentes no produto considerado, sem garantir a inativação completa de toxinas ou enzimas celulares.” De acordo com o FDA é possível utilizar-se o termo estéril para descrever a condição microbiológica quando um processo de controle microbiológico forexecutado por esterilização terminal dentro das Boas Práticas de Manufatura (GMP) e validado com um ou menos unidades não estéreis em um milhão (106). Na literatura, Pflug, I. J. (1973) e Block, S. S. (1991) consideram que um artigo pode ser considerado estéril quando a probabilidade de sobrevivência de um microorganismo em um meio de cultura padrão (onde haviam previamente proliferado) é da...
tracking img