Calibração e aferição de vidrarias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO
DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL
PROFESSORA: RITA DE CÁSSIA
CIÊNCIAS BIÓLOGICAS 2012.2










RELATÓRIO DE EXPERIMENTO
‘’ CALIBRAÇÃO E USO DE APARELHOS VOLUMÉTRICOS E TRATAMENTO DE DADOS EXPERIMENTAIS. ’’





ALUNO: CAMILA CAVALCANTE SOUZATURMA: BB


Petrolina, 17 de Janeiro de 2013.

INTRODUÇÃO


Nesse primeiro experimento de Química Geral, foram aferidas vidrarias volumétricas de laboratório com o intuito de obter uma melhor exatidão das medições. É bastante simples realizar a aferição – também conhecida como calibração -: A medida da massa transferida ou contida norecipiente utilizando-se a densidade especifica para converter a massa em volume. Para que a aferição seja bem feita é preciso levar em conta a expansão volumétrica das soluções e das vidrarias com relação à variação da temperatura do laboratório no momento em que as soluções são preparadas e também no momento em que são utilizadas.
Ou seja, com a aferição/calibração é possível medir precisamenteatravés da densidade e volume de um liquido previamente conhecido, em uma determinada temperatura. Usamos a fórmula a seguir:





.

A água é o liquido padrão para a calibração de vidrarias - é utilizada a água destilada ou deionizada – e deve sempre se atentar a temperatura do liquido no momento da calibração, para que através de tabelas adequadas sepossam utilizar o valor correto de densidade.
Somente a calibração não garante resultados extremante exatos, pois impurezas podem comprometer os resultados de toda a prática, por isso a lavagem das vidrarias é muito importante para as práticas realizadas em laboratório. O principal método de lavagem usado é feito com água de torneira e detergente neutro, enxaguar com água reagente, dependendo dotipo de vidraria. Lavar as vidrarias imediatamente após o uso. Cada vidraria, dependendo do reagente que foi utilizado, tem sua maneira de ser lavada. Portanto, o objetivo desse experimento é verificar essas variações frente à temperatura ambiente a partir da densidade da água, calibrando aparelhos volumétricos como: Pipetas Volumétricas, Balões Volumétricos, e Buretas.OBJETIVOS:

Aferição de frascos volumétricos laboratoriais, com o intuito de melhorar a exatidão de suas medições;
Realização de leitura de meniscos, buretas e balões volumétricos;
Noções básicas de limpezas de vidrarias e de segurança no laboratório;
Determinar o volume real de vidrarias;





MATERIAIS UTLIZADOS NA PRÁTICA:

Pipeta Pasteur;
Pipeta Volumétrica;
Bureta de 25 e 50ml;
Etanol;
Erlenmeyer de 50 ml (2);
Termômetro;
Pera;
Água destilada;
Papel filtro;
Balão Volumétrico de 50 e 100ml.






















PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL:

A prática realizada em laboratório consistia em colocar água nas vidrarias, uma por vez, até o menisco.

BURETA:
- A bureta foi preenchida com água destilada, em temperatura ambiente.Deixando o menisco um pouquinho acima do zero;
- Verificou-se a velocidade de escoamento;
- Verificou – se a temperatura da água duas vezes;
- Retiraram-se as bolhas de ar da bureta;
- Ajustou-se a posição do menisco até zero;
- Pesou – se um erlenmeyer seco;
- Transferiu-se 10 ml de água da bureta para o erlenmeyer;
- Pesou-se o erlenmeyer cheio;
- Preencheu-se novamente a bureta, e esseprocesso tirar 10 ml, colocar no erlenmeyer e pesar foi repetido por mais duas vezes.
- Repetiu-se o procedimento acima transferindo 20,30 e 40 ml.

PIPETA VOLUMÉTRICA:
- Verificou-se a velocidade de escoamento;
- Pesou-se um erlenmeyer seco;
- Com a pipeta de 25 ml, pipetou-se água destilada até quando ficou ligeiramente acima da marca de calibração;
- Secou-se a superfície externa da...
tracking img