Calculo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2944 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
VOLTAR

UM MODELO DE COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS DE EDIFICAÇÕES BASEADO NA ENGENHARIA SIMULTÂNEA E FMEA

Wandemberg TAVARES JÚNIOR, M.Sc
Universidade de Fortaleza – Departamento de Engenharia Civil Edson Queiroz CEP 60811-905 – Fortaleza – Ce E-mail: wandemberg@unifor.br

Osmar POSSAMAI, Dr.
Universidade Federal de Santa Catarina – Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Cx.Postal 476 - Florianópolis – SC. CEP 88010-970 E-mail: possamai@eps.ufsc.br

José de Paula BARROS NETO, Dr.
Universidade Federal do Ceará – Departamento de Engenharia Estrutural e Construção Civil – Cx. Postal 573 – Fortaleza – Ce E-mail: jpbarros@ufc.br

RESUMO Este trabalho apresenta um método para compatibilização das interfaces entre especialidades do projeto de edificações em empresasconstrutoras de pequeno porte, fundamentado na visão sistêmica do projeto, nos princípios da engenharia simultânea, e na utilização de mecanismos de análise de falhas, tendo como objetivo principal contribuir para a melhoria do processo de projeto na Indústria da Construção Civil Subsetor Edificações. Palavras-chave: compatibilização de projetos, engenharia simultânea, análise de falhas.

1 -INTRODUÇÃO
Na construção de edificações no Brasil, apesar do avanço tecnológico que esse ramo industrial apresentou nos últimos anos, ainda é prática comum em empresas de pequeno porte o desenvolvimento de projetos sem a utilização da compatibilização das disciplinas do projeto, gerando em conseqüência vários fatores negativos, tais como: má qualidade da edificação, maior índice de retrabalhos,acréscimo no custo da obra. As iniciativas para implantação de sistema de melhoria da qualidade na fase de projeto, no entanto, são na sua grande maioria, de empresas de porte médio ou grande. Já as empresas de pequeno porte, com raras exceções, ainda não aderiram a um sistema de garantia da qualidade no processo de projeto devido a fatores, tais como: pequeno capital de giro, dificuldades na obtenção decrédito, alta sensibilidade do mercado às crises e a questões culturais relacionadas com a grande inércia às alterações de processos. Por essas razões a pequena empresa de construção civil não investe em um sistema de Gestão da Qualidade para o Projeto, já que se trata de um investimento de retorno a longo prazo (MESEGUER, 1991; SCHMITT, 1998). Então este trabalho tem como objetivo principalcontribuir para a melhoria do processo de projeto de edificações em empresas construtoras de pequeno porte, desenvolvendo um método para compatibilização das interfaces entre especialidades do projeto, fundamentado na visão sistêmica do projeto, nos princípios da engenharia simultânea, e na utilização de mecanismos de análise de falhas.

VOLTAR

2 – EMBASAMENTO TEÓRICO UTILIZADO NO MÉTODO
Com aevolução do processo de globalização dos mercados, houve a inserção de fatores de competitividade que antes não existiam, tais como a Responsavidade e a Confiabilidade. Fatores esses que se tornaram estratégicos para a sobrevivência das empresas (JUNQUEIRA,1994; FREITAS & COLOSIMO, 1997). A Responsavidade é caracterizada como a resposta rápida apresentada pela empresa aos anseios do cliente,especialmente na introdução de novos produtos. Para atendimento deste fator competitivo utilizou-se neste trabalho a Engenharia Simultânea, pois segundo KRUGLIANSKAS (1993), neste novo cenário a engenharia tradicional seqüencial já não consegue dar respostas em tempo hábil. Além do fator tempo, HUOVILA et al (1997), citados por TZORTZOPOULOS (1999), apontam alguns problemas que o modelo seqüencialapresenta: - a existência de muitos requisitos que não são definidos no início do processo; - erros de projetos são detectados em fases avançadas, causando retrabalho; - a existência de poucas interações entre os projetistas; - esperas para aprovações, instruções ou informações tomam a maior parte do tempo dos projetistas; - as atividades do processo são desenvolvidas de forma seqüencial, e muitas...
tracking img