Calculo de eixos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (965 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ORGÃOS DE MÁQUINAS

1 de 25

CÁLCULO DE VEIOS

Introdução
O cálculo de veios é um problema básico da engenharia mecânica. Utiliza grande parte dos
conhecimentos adquiridos nadisciplina de Mecânica dos Materiais e ainda muitas das
matérias abordadas nos capítulos anteriores desta disciplina de Órgãos de Máquinas.
Um veio é um componente rotativo ou estacionário,usualmente de secção circular, sobre o
qual estão montados elementos tais como rodas dentadas, polias, volantes, manivelas,
excêntricos, rolamentos, etc. Os veios podem estar sujeitos a cargasque lhes provocam
flexão, torção, tracção ou compressão axial, actuando isoladamente ou em combinação entre
elas. O termo genérico veio aplica-se a situações muito variadas, tal como aeixos, semi-eixos
ou árvores. O termo eixo é geralmente reservado a veios - rotativos ou estacionários - que não
estão sujeitos a torção.
Os veios rotativos são, em geral, elementostransmissores de potência. Devemos recordar que
a potência, P, o momento torsor (ou binário), M t , e a velocidade angular de rotação, ω, estão
relacionados entre si por intermédio de qualqueruma das expressões,
P = M t ω ou M t =

P
ω

(1)

em que, nas unidades fundamentais do sistema SI, a potência é expressa em Watts, a
velocidade angular em rad/s e o momento torsor emN⋅m. Considerando que 1 CV = 735W e
que 1 rpm =


rad / s , então também podemos utilizar a seguinte expressão para calcular o
60

momento torsor em função da potência e davelocidade de rotação do veio,
M t ( N ⋅ m) = 7019 ⋅

P (CV )
n (rpm)

(2)

Um veio correctamente dimensionado deve satisfazer as seguintes condições:__________________________________________________________________________________________________________________

ISEP - Dep. Eng. Mecânica

J.S.D. / 08-04-03

ORGÃOS DE MÁQUINAS

Cálculo de Veios

2 de 25...
tracking img