Caderno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 55 (13706 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FIAM FAAM - Faculdades Integradas Alcântara Machado – Faculdade de Artes Alcântara Machado Centro Universitário UNIFMU Campus Vila Mariana I Curso: Arquitetura e Urbanismo

Trabalho final de Urbanismo
Estrutura político administrativa da Região Metropolitana de São Paulo

São Paulo 2012

Histórico de ocupação da Região Metropolitana de São Paulo
A Região Metropolitana da Grande São Paulo,assim chamada à época, foi criada pela Lei Complementar Federal nº 14, de 8 de junho de 1973. A RMSP foi institucionalizada pela Lei Complementar Estadual nº 94, de 29 de maio de 1974. Mas sua efetiva implantação só se deu através do Decreto Estadual nº 6.111, de 5 de maio de 1975, que regulamentou a Lei Complementar nº 94. Esse decreto criou e institucionalizou o denominado Sistema dePlanejamento e Administração Metropolitana – Spam, segundo fonte da Secretaria de Transportes Metropolitanos. Ainda segundo a STM, a Região Metropolitana de São Paulo – RMSP, como hoje é denominada sempre foi um ponto estratégico para a interligação de regiões do Sudeste e Centro-Oeste brasileiros. Ao subir a escarpa do planalto, cortando a mata atlântica, o colonizador português encontrava rios que corriampara o interior (Tietê, Pinheiros, Tamanduateí etc.). Muitos dos municípios da região surgiram a partir de vilas que se formaram ao longo desses importantes rios, usados como meios de circulação durante o período colonial. Tais rios, junto com algumas trilhas - muitas usadas pelos índios da região -, ligavam Santos e São Paulo a outras vilas de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e MatoGrosso do Sul. No auge da produção do café e do grande crescimento da cidade de São Paulo, o papel articulador da região continuou com a construção das ferrovias São Paulo Railway Company - ligando o porto de Santos a Jundiaí - e as estradas de ferro Paulista, Sorocabana e Central do Brasil, fazendo da região um nó de ligações entre o porto de Santos e o interior de São Paulo e do Brasil,basicamente utilizando as mesmas configurações dos caminhos coloniais. A infraestrutura viária atual que interliga os municípios da região teve origem nessas ferrovias e em linhas de ônibus intermunicipais que percorriam as antigas trilhas transformadas em estradas. É essa mesma infraestrutura viária que resultou nos atuais sistemas rodoviários que desembocam na capital e ligam as três regiõesmetropolitanas paulistas - Santos, São Paulo e Campinas, enquanto os sistemas ferroviários que percorrem as três regiões ficaram restritos ao transporte de carga, sendo que o de passageiros é ainda operante apenas na Região Metropolitana de São Paulo, ao qual se acresceu, nos anos 1970, o transporte metroviário. Os municípios da região estão agrupados, pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos -STM, em sete sub-regiões. Os pólos regionais surgiram à época da formação histórica da região. As subregiões são: Sub-região ta Isabel, Nordeste, composta pelos com Guarulhos exercendo municípios a função de Arujá, de pólo Guarulhos aglutinador e Sanregional;

Lourenço da Serra eTaboãoda Serra, comforte ligação direta como pólo central da RMSP, acidade de São Paulo; Sub-região Sudeste, compostapelos municípios de Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. Nesta região foi criado o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, devido à importância econômica da área e o número de municípios em condição de exercer a função de pólo regional; Sub-região Leste, composta pelos municípios de Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos,Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano, com Mogi das Cruzes e Suzano exercendo a função de pólos regionais; Sub-região central, formada pelo município de São Paulo com seus distritos e subprefeituras, é o pólo central da região, do Estado e um dos maiores pólos nacionais.

Sub-região Norte, composta pelos municípios de Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da...
tracking img