Cadeia Produtiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UFES – Universidade Federal do Espírito Santo
Departamento de Engenharia Rural
Boletim Técnico: MS: 01/05 em 21/04/2005

1

Cadeia Produtiva de Produtos
Agrícolas
Prof. Luís César da Silva
e-mail: silvalc@cca.ufes.br

Cadeia Produtiva, ou o mesmo que
supply chain, de forma simplificada pode ser
definida como um conjunto de elementos
(“empresas” ou “sistemas”) que interagem em
umprocesso produtivo para oferta de produtos
ou serviços ao mercado consumidor.
Em virtude da globalização, evolução dos mercados consumidores, e
implementações tecnológicas dos processos produtivos; o conceito de cadeia produtiva tem
aprimorado.
Especificamente, no caso de produtos de origem vegetal, cadeia produtiva pode ser
visualizada como a ligação e inter-relação de vários elementossegundo uma lógica para
ofertar ao mercado commodities agrícolas in natura ou processadas. Neste contexto,
conforme a metodologia de proposta pela EMBRAPA, atuam neste sistema cinco
segmentos constituídos dos seguintes atores (Figura 1) (SCHULTZ, 2001):

:
Ambiente Institucional: Leis, Normas, Resoluções, Padrões de Comercialização, ...

Agricultores
Fornecedores
de
Insumos

ProcessadoresSistemas
Produtivos

Agroindústrias

Comerciantes

Comerciantes

Atacadistas

Varejista

Mercado
Consumidor

1, 2, 3 ... n

Ambiente Organizacional : Órgãos de Governo, Instuições de Crédito, Empresas de Pesquisa, Agências Credenciadoras, ...

Fluxo de mercadoria

Fluxo de capital

Figura 1 – Representação esquemática de uma cadeia produtiva de produto de
origem vegetal,segundo metodologia da EMBRAPA

a) Fornecedores de Insumos: referem às empresas que têm por finalidade ofertar
produtos tais como: sementes, calcário, adubos, herbicidas, fungicidas, máquinas,
implementos agrícolas e tecnologias.
b) Agricultores: são os agentes cuja função é proceder ao uso da terra para produção
de commodities tipo: madeira, cereais e oleaginosas. Estas produções sãorealizadas em sistemas produtivas tipo fazendas, sítios ou granjas.

UFES – Universidade Federal do Espírito Santo
Departamento de Engenharia Rural
Boletim Técnico: MS: 01/05 em 21/04/2005

2

c) Processadores: são agroindustriais que podem pré-beneficiar, beneficiar, ou
transformar os produtos in-natura. Exemplos: (a) pré-beneficiamento - são as plantas
encarregas da limpeza, secagem earmazém de grãos; (b) beneficiamento - são as
plantas que padronizam e empacotam produtos como: arroz, amendoim, feijão e
milho de pipoca; (c) transformação - são plantas que processam uma determinada
matéria prima e a transforma em produto acabado, tipo: óleo de soja, cereal matinal,
polvilho, farinhas, álcool e açúcar.
d) Comerciantes: Os atacadistas são os grandes distribuidores que possuem porfunção abastecer redes de supermercados, postos de vendas e mercados
exteriores. Enquanto os varejistas constituem os pontos cuja função é comercializar
os produtos junto aos consumidores finais.
e) Mercado consumidor: é o ponto final da comercialização constituído por grupos de
consumidores. Este mercado pode ser doméstico, se localizado no país, ou externo
quando em outras nações.Conforme a Figura 1, os atores do sistema cadeia produtiva estão sujeitos a
influências de dois ambientes: institucional e organizacional. O ambiente institucional refere
aos conjuntos de leis ambientais, trabalhistas, tributárias e comerciais, bem como, as
normas e padrões de comercialização. Portanto, são instrumentos que regulam as
transações comerciais e trabalhistas.
O ambiente organizacional éestruturado por entidades na área de influência da
cadeia produtiva, tais como: agências de fiscalização ambiental, agências de créditos,
universidades, centros de pesquisa e agências credenciadoras.
As agências credenciadoras podem ser órgãos públicos como às secretarias
estaduais de agricultura ou empresas privadas. Estas em alguns casos possuem a função
de certificar se um determinado...
tracking img