Cadeia produtiva do milho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

Cadeia produtiva do milho_______________pg 2
Consumo____________________________pg 2
Sucesso da cadeia produtiva_____________pg 5
Produção no Brasil e no Mundo___________pg 6
Ranking dos produtores mundiais de milho__ pg7
Exportações e estoques mundiais_________pg 7
Destino da produção de milho no Brasil_____pg 8
Considerações finais___________________pg 10

Cadeia produtivado milho

A cadeia produtiva do milho é um dos segmentos econômicos mais importantes do agronegócio brasileiro. Considerando apenas a produção primária, o milho responde por cerca de 37% da produção nacional de grãos. Ao mesmo tempo, é insumo básico para a avicultura e suinocultura, dois setores extremamente competitivos em nível internacional e grandes geradores de receitas, via exportação.Apesar da sua importância, a cadeia produtiva do grão ainda é muito desorganizada. Um dos resultados desse processo tem sido a queda na área plantada com milho na 1ª safra, que vem sendo substituída pelo cultivo da soja, o que não é positivo para o setor, uma vez que o crescimento da área plantada e da produtividade do grão é crucial para a competitividade do segmento de carnes, que tem no milho aprincipal matéria-prima para a produção de ração. O aumento da produção e da produtividade também é uma das bases para a redução do custo de produção, de forma que o Brasil se torne competitivo também no mercado internacional. A exportação é um dos principais caminhos para que a cadeia produtiva do milho se torne mais coordenada.
Além disso, a necessidade de um novo fornecedor de milho no mundoestá cada vez mais evidente. Nos últimos anos, a taxa de crescimento do consumo do grão tem sido superior à taxa de crescimento da produção. Para completar, os principais fornecedores do cereal, como Estados Unidos e China, têm apresentado forte crescimento na taxa de consumo doméstico.

Consumo
O consumo mundial de milho cresceu de forma expressiva nos últimos quinze anos, saltando de 475,83milhões de toneladas, no ano agrícola de 1989/1990, para 680,24 milhões de toneladas na safra 2004/2005, o que representou um crescimento médio anual de 2,4%. Ao longo desse período, o país que registrou o maior crescimento no consumo doméstico foi os Estados Unidos. Em termos absolutos, a demanda norte-americana sofreu um incremento de 78,68 milhões de toneladas nos últimos quinze anos. Além docrescimento do milho destinado à produção de ração, os Estados Unidos registraram também um elevado consumo do cereal destinado à produção de álcool. A demanda de milho destinada à alimentação animal responde atualmente por cerca de 68% de todo o milho consumido no mundo. Analisando o período dos últimos quinze anos, é possível observar que não houve alteração nessa relação.
Em termos geográficos, aAmérica do Norte foi a região que registrou o maior crescimento no consumo de milho nos últimos quinze anos, com um aumento de 96,57 milhões de toneladas. Em seguida, destaca-se o Leste da Ásia, onde o crescimento na demanda aumentou 58,68 milhões de toneladas no mesmo período. A América do Sul aparece em terceiro lugar, com uma elevação de demanda de 92 milhões de toneladas entre os anos agrícolasde 1989/1990 e 2004/2005.
Sem dúvida, o milho permanece sendo o principal macro ingrediente para a produção de ração. Nesses últimos quinze anos, não se registrou a substituição do grão em níveis significativos para a produção destinada à alimentação animal. Ao contrário, houve aumento no consumo. O sorgo, por sua vez, que atua como o principal concorrente do milho, registra um consumo mundialrelativamente estabilizado. A principal mudança estrutural que se observa no consumo mundial diz respeito a uma ligeira alteração na geografia de consumo. Percebe-se um aumento na participação por parte da América do Norte, do Leste da Ásia e da América do Sul, e perda de participação por parte da Europa. Na safra 1989/1990, a América do Norte respondeu por 35,1% do consumo mundial de milho. Já...
tracking img