Cadeia produtiva de hortifruticolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL – SENAC
ANDRELICE BISPO

CADEIAS PRODUTIVAS DE HORTALIÇAS NO BRASIL

SALVADOR

ABRIL - 2011

ANDRELICE BISPO

CADEIAS PRODUTIVAS DE HORTALIÇAS NO BRASIL

Elaboração de Tarefa sobre Cadeias produtivas de hortaliças no Brasil para ser apresentada a Tutora Nilza Tuler responsável pela orientação do Módulo 4 -Legislação, Sociedade e Mercado, unidade 2 - Agronegócio - Turma GSABA003, do curso de Pós graduação à Distância em Gestão da Segurança de Alimentos.

SALVADOR

2010

SUMÁRIO

1- APRESENTAÇÃO p.4

2- CADEIAS PRODUTIVAS DE HORTALIÇA NO BRASIL p.5

4-CONCLUSÃO p.8

5- REFERÊNCIA p.9

1- APRESENTAÇÃO

O presente trabalho tem a proposta de abordar sobre as cadeias produtivas de hortaliças no Brasil, por representar uma cadeia em destaque nosetor econômico. Este tipo de agronegócio é apontado por órgãos governamentais como em situação de crescimento ascendente, principalmente nos últimos 10 anos, como é o caso do cultivo de tomate, batata, melancia, cenoura, batata-doce e cebola, que em 2005 representaram mais de 64% de volume total produzido no Brasil (IBGE, 2005).

2 – CADEIAS PRODUTIVAS DE HORTALIÇAS NO BRASIL

Segundo Jean-PaulRODRIGUE, uma cadeia produtiva é uma rede de atividades de produção, comércio e serviços funcionalmente integrada, cobrindo todos os estágios de uma cadeia de suprimento, desde a transformação de matérias-primas, passando pelos estágios intermediários de produção, até a entrega do produto acabado ao mercado. A cadeia é concebida como uma série de nós, ligados por vários tipos de transações –como vendas e transferência intra-firma. Cada nó, dentro da cadeia produtiva de uma mercadoria, envolve a aquisição ou a organização de insumo visando a adição de valor ao produto em questão.
O agronegocio de hortaliças no Brasil sofreu varias influiencias ao passar dos anos culminado nesta estrutura atual, principalmente sob aspectos sociais: alteraçãoes nos habitos alimentares, valorização dotrabalho da mulher,estilo de vida dos consumidores, gostos e preferências. Esses fenomenos sociais influenciaram por sua vez nos aspectos economicos do agronegócio, favorecendo os novos lançamentos, melhoria dos meios de comunicação, ampliação de mercado, criação de regras, aumento da competição, alto poder de persuasão social (influenciando na mudança de hábito do consumidor final),dentre outros.Esta atividade economica tem seu consumo incentivado pela OMS (Organização Mundial da saúde), mas em todo o mundo está sujeita a influencia de vários fatores que podem resultar em uma atividade economica de alto risco por sofrerem, por exemplo, maior ação das condições climáticas adversas e vulnerabilidade à sazonalidade, que influenciam no preço final do produto.
A conjuntura da cadeiaprodutiva deste agronegócio é bastante ampla, pois é formada por vários componetes que interagem entre si, formando um fluxo. Podemos descrevê-la de forma geral, como:
a) Fornecedores de insumos e serviços: este é o inicio da cadeia produtiva de hortaliças, que basea-se em: correção do solo; acompanhamento tecnico durante o periodo vegetativo das culturas referente a pragas e doenças; tecnicasadequadas de adequação do solo e fertilização; utilização de sementes / mudas resistentes e adaptadas a zona de plantio; mão de obra especializada em maquinas e implementos; uso de tecnologia de manejo do solo que evite a erosão e compactação.
b) Unidades agrícolas: possuem tamanhos e produtos diversos, mas para a obtenção do sucesso deve-se fazer com que a propriedade vire um modelo, conseguir...
tracking img