Cadeia de valores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DA CADEIA DE VALOR PARA OBTENÇÃO E MANUTENÇÃO DE VANTAGEM COMPETITIVA

1. INTRODUÇÃO

A contabilidade gerencial tradicional, para Shank & Govindarajan (1997:14), adota atualmente um enfoque que é, em grande parte, interno à empresa – suas compras, seus processos, suas funções e seus produtos.
O conceito de valor agregado, sob uma perspectiva estratégica,apresenta dois grandes problemas: começa muito tarde e pára muito cedo. Iniciar a análise de custos com as compras deixa de fora todas as oportunidades de explorar as ligações com os fornecedores da empresa. Da mesma forma, parar a análise de custos nas vendas deixa de fora todas as oportunidades para explorar as ligações com os clientes da empresa.
Porter (1998:31), ao abordar a vantagemcompetitiva, introduz a cadeia de valores como o instrumento básico para diagnosticar e intensificar a análise das fontes dessa vantagem, ainda que sob o enfoque restrito, o que significa a análise da cadeia de valor no âmbito interno da empresa.
Nesse estudo busca-se apresentar sob o enfoque amplo como cada entidade participante da cadeia de valor pode contribuir para a posição dos custosrelativos de uma empresa, além de criar uma base para a diferenciação. Incluindo-se a análise dos determinantes de custos e sua relevância para a obtenção e manutenção de vantagem competitiva.
A importância da análise da cadeia de valor no sentido amplo, é evidenciada através de um estudo de caso, apresentando uma proposta de modelo de relatórios de análise da cadeia de valor comoinstrumento de gestão sob o enfoque da contabilidade estratégica.


2. CADEIA DE VALOR


A cadeia de valor interna, de acordo com Porter (1998:31) “desagrega uma empresa nas suas atividades de relevância estratégica para que se possa compreender o comportamento dos custos e as fontes existentes e potenciais de diferenciação”.
Para obter vantagem competitiva utilizando a cadeia de valorcomo instrumento estratégico a empresa deve compreender toda a cadeia de valor na qual opera e dos seus principais concorrentes buscando utilizar seus determinantes de custos de modo que os concorrentes tenham desvantagens de qualidade e custo frente a sua liderança.
Considerando-se o enfoque amplo[1], em Rocha (1999:106-111) verifica-se que a cadeia de valor de qualquer empresa é o conjuntode atividades criadoras de valor desde as fontes de matérias-primas básicas, passando por fornecedores de componentes até o produto final entregue nas mãos do consumidor. É, portanto, um enfoque externo à empresa, vendo cada empresa no contexto da cadeia global de atividades geradoras de valor da qual ela é apenas uma parte, conforme se vê na figura 2.











Figura 2 – Cadeiade valor . (1) Cadeia de suprimento, “a jusante”. (2) Cadeia de suprimento, “a montante”. Rocha (1999: 106-111).

Na terminologia cadeia de valor, é importante ressaltar que em termos competitivos, de acordo com Porter (1998:34) “valor é o montante que os compradores estão dispostos a pagar por aquilo que uma empresa lhes fornece”. Logo, para que uma empresa alcance e mantenhacompetitividade é necessário que crie valor para o cliente, ressaltando-se que esse valor deve ser reconhecido pelo adquirente, caso contrário se sobressairão os custos. Existem situações em que a organização para manter competitividade por diferenciação, precisa aumentar seus custos para criar um valor maior.
Logo, uma comparação das cadeias de valor dos concorrentes apresentam as diferenças,permitindo que a organização se decida pelo seu posicionamento estratégico utilizando-se de diferenciação ou baixo custo. A relevância do enfoque amplo é que permite identificar na cadeia de valor do cliente o que pode ser reestruturado para aumentar o valor oferecido.


3. ELOS DE LIGAÇÃO


Os elos podem assumir duas classificações: elos horizontais ou internos e elos verticais ou externos....
tracking img