Cabeamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
10 Gigabit Ethernet
Com o lançamento do padrão 1000BASE-T, em 1999, os
membros do grupo de trabalho 802.3 ficaram livres para iniciar os
trabalhos no padrão seguinte. Mantendo a tradição, decidiram
desenvolver um padrão capaz de atingir taxas de transferência 10
vezes maiores que o anterior, dando origem ao 10 Gigabit
Ethernet (10G), que transmite a espantosos 10 gigabits por
segundo.Aumentar por 10 a taxa de transferência a cada novo
padrão de rede pode parecer um exagero, mas como a migração
para novos padrões de redes é bem mais lenta do que para novos
processadores ou novas tecnologias de memória, por exemplo,
passos maiores acabam sendo necessários, caso contrário poucos
se dariam o trabalho de atualizar os equipamentos.
Como previsto na célebre lei de Moore, o poderde
processamento dos processadores e controladores em geral dobra
em média a cada 18 meses, sendo que o custo continua mais ou
menos constante. Com isso, em um período de 54 meses temos
controladores 8 vezes mais rápidos, e assim por diante, o que
torna a tarefa de desenvolver novos padrões de rede
relativamente simples.
O maior problema é que o cabeamento não evolui na
mesma velocidade doscontroladores, o que obriga o comitê a
levar os cabos popularmente usados até o limite antes de jogar a
toalha e migrar para um padrão de cabos mais caros e de melhor
qualidade.
Um exemplo disso são os cabos de par trançado
categoria 5, que foram desenvolvidos para o uso em redes de 100
megabits, mas que acabaram tendo sua vida útil estendida com o
padrão 1000BASE-T graças à adoção de umsistema mais
sofisticado de modulação e ao uso dos quatro pares do cabo.
Assim como no Gigabit Ethernet, o desenvolvimento do
10 Gigabit Ethernet começou nos cabos de fibra óptica, que
oferecem um desafio técnico menor, com o padrão para cabos
com fios de cobre sendo finalizado por último. Muitos julgavam
que seria impossível criar um padrão 10G para cabos de par
trançado (afinal, estamosfalando de uma taxa de transmissão
1000 vezes maior que a do padrão 10BASE-T original), mas no final
acabaram conseguindo, embora com algumas baixas.
Os padrões 10G para cabos de fibra óptica se dividem
em duas categorias: os padrões de longa distância, que utilizam
cabos de fibra monomodo e os padrões de curta distância, que
utilizam cabos de fibra multimodo e transmissores mais baratos.
Oobjetivo dos padrões de longa distância é complementar os
padrões de 100 e 1000 megabits, oferecendo uma solução capaz
de interligar redes distantes com uma velocidade comparável ou
superior a dos backbones DWDM e SONET, tecnologias muito
mais caras, utilizadas atualmente nos backbones da Internet.
Suponha, por exemplo, que você precise interligar 5.000
PCs, divididos entre a universidade, oparque industrial e a
prefeitura de uma grande cidade. Você poderia utilizar um
backbone 10 Gigabit Ethernet para os backbones principais,
unindo os servidores dentro dos três blocos e ligando-os à
Internet, usar uma malha de switches Gigabit Ethernet para levar
a rede até as salas de aula e departamentos e, finalmente, usar
switches baratos de 100 megabits para levar a rede aos alunos efuncionários, complementando com pontos de acesso 802.11b/g
para oferecer também uma opção de rede sem fio.
Isso estabelece uma pirâmide, onde os usuários
individuais possuem conexões relativamente lentas, de 11, 54 ou
100 megabits, interligadas entre si e entre os servidores pelas
conexões mais rápidas e caras, formando um sistema capaz de
absorver várias chamadas de videoconferênciasimultâneas, por
exemplo.
Outra aplicação em destaque é o próprio uso em
backbones de acesso à Internet. Usando o 10G, um único cabo de
fibra óptica transmite o equivalente a mais de 600 linhas T1 (de
1.5 megabits cada), cada uma suficiente para atender uma
empresa de médio porte, um prédio residencial ou mesmo um

pequeno provedor de acesso via rádio, ou seja, com um único link
10G temos banda...
tracking img