Cálculo do desempenho no encalce de onda portadora em sistemas de teleproteção oplat

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO PROJETO DE FINAL DE CURSO

CÁLCULO DE DESEMPENHO DO ENLACE DE ONDA PORTADORA EM SISTEMAS DE TELEPROTEÇÃO OPLAT

por

KARINNE KARLA SILVESTRE

Recife, Novembro de 2010

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

CÁLCULO DE DESEMPENHO DO ENLACE DE ONDA PORTADORA EMSISTEMAS DE TELEPROTEÇÃO OPLAT

por

KARINNE KARLA SILVESTRE

Monografia

apresentada

ao

curso

de

Engenharia Elétrica – modalidade Eletrônica da Universidade de Pernambuco, como parte dos requisitos necessários à obtenção do grau de Engenheira Eletrônica.

ORIENTADOR: REGINALDO PEREIRA LEAL, M.Sc.

Recife, Novembro de 2010.

© Karinne Karla Silvestre, 2010.

Resumo daMonografia apresentada ao curso de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica de Pernambuco.

CÁLCULO DE DESEMPENHO DO ENLACE DE ONDA PORTADORA EM SISTEMAS DE TELEPROTEÇÃO OPLAT
KARINNE KARLA SILVESTRE
11 / 2010 Orientador: Reginaldo Pereira Leal, Me. Área de Concentração: Sistema de Onda Portadora. Palavras-chave: Portadora, Teleproteção, OPLAT. Número de Páginas: 59. O presente trabalho apresentauma breve descrição do sistema de comunicação de Ondas Portadoras em Linhas de Alta Tensão (OPLAT), bem como as características principais dos equipamentos básicos e os parâmetros utilizados para o cálculo do desempenho de um sistema OPLAT. Destaca-se as principais características dessa solução, as vantagens e desvantagens e as considerações que devem ser consideradas durante o cálculo dedesempenho dos enlaces, tais como a atenuação da linha e as condições do tempo. Serão apresentados os procedimentos que devem ser seguidos para o cálculo da potência de recepção e da relação sinal-ruído na recepção do sistema de ondas portadoras em linhas de alta tensão. Finalizando o trabalho, será realizada uma comparação entre os resultados obtidos através dos cálculos matemáticos para as condiçõesclimáticas favoráveis, como baixa umidade, e para condições de tempo adversas, tais como geada, chuva ou alta umidade. Os resultados mostraram que a utilização de ondas portadoras em linhas de alta tensão para a transmissão de sinais de teleproteção entre subestações é uma solução eficiente. Visto que o sistema OPLAT apresenta resultados satisfatórios no que se refere ao desempenho, garantindo aconfiabilidade que o sistema elétrico de potência necessita.

LISTA DE FIGURAS

Figura 2.1: Diagrama dos principais componentes de um canal de comunicação OPLAT. __________________________________________________________ 14 Figura 2.2: TPC - Transformador de Potencial Capacitivo. ___________________ 17 Figura 2.3: Combinação do capacitor de acoplamento com a bobina de drenagem. 17 Figura 2.4:Circuito LC série. __________________________________________ 19 Figura 2.5: Curva característica do filtro LC série. __________________________ 20 Figura 2.6: Bobina de bloqueio e Capacitor de acoplamento. _________________ 21 Figura 2.7: Circuito LC paralelo. ________________________________________ 22 Figura 2.8: Curva característica do filtro LC paralelo. _______________________ 23 Figura2.9: Elementos do sistema de comunicação. ________________________ 24 Figura 2.10: (a) Sinal modulante (informação) (b) Forma de onda da portadora (c) Sinal modulado em DSB-SC. __________________________________________ 28 Figura 2.11: Curvas de atenuação típicas para linhas aéreas operando em condições de tempo bom. _____________________________________________________ 31 Figura 2.12: Níveismédios de ruído típicos para linhas de 230kV. _____________ 34 Figura 2.13: Transmissão do sinal de alta tensão e do sinal de comunicação da teleproteção._______________________________________________________ 39 Figura 2.14: Esquema do acoplamento fase-terra. _________________________ 41 Figura 2.15: Esquema do acoplamento fase-fase. __________________________ 42 Figura 2.16: Esquema do acoplamento...
tracking img