Bullying

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1517 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO EDUCACIONAL
 
UNIDADE CURRICULAR: RELAÇÕES INTERPESSOAIS - AICE
 
TEMA 4 – 2ª FASE: Bullying
 
Luís Miguel Antunes Costa | Junho 2009
 

[pic]
WATTERSON, Bill (1986) “Calvin & Hobbes” in New York Times, 17 de Fevereiro de 1986
 
              Na tira de “Calvin & Hobbes” que se reproduz com o intuito de introduzir o presente trabalho,podemos observar um diálogo entre “Moe” e “Calvin”. “Moe” é o que podemos chamar o típico “Bully” da escola, como o próprio “Calvin” refere noutra tira: “Here comes Moe, the class Bully” [1].
             
Bullying – Porque é importante.
 
              A título de exemplo, dados recolhidos em Portugal, no âmbito do estudo Health Behaviour in School-Aged Cildren (HBSC), da Organização Mundial deSaúde (OMS), em que foram entrevistados 6131 jovens do 6º, 8º e 10º anos de escolaridade, revelam que 23,3% dos rapazes e 13,9 por cento das raparigas afirmaram ter sido vítimas de bullying duas ou três vezes por mês[2].
 
Bullying – O que é.
 
              O termo Bullying pode ser designado em Português por “provocação”, “vitimização” ou “intimidação”. Outros autores, como por exemplo Pereira,Almeida e Valente (1994) designam o fenómeno por “agressividade / violência”.
              Olweus, citado por Carvalhosa, Lima e Matos (2001), define Bullying afirmado que “um aluno está a ser provocado / vitimado quando ele ou ela está exposto, repetidamente e ao longo do tempo, a acções negativas da parte de uma ou mais pessoas”, sendo que por “acção negativa” se entende “quando alguémintencionalmente causa, ou tenta causar, danos ou mal-estar a uma pessoa”. Esse importunar pode revestir-se de várias formas:
● Fisicamente;
● Verbalmente;
● Psicologicamente;
● Sexualmente.

   O Bullying pode ser conduzido por um indivíduo – o provocador ou agressor (“Bully”, no original) ou em grupo. O alvo do Bullying pode igualmente ser um indivíduo – a vítima – ou um grupo.

OBullying é caracterizado pelos seguintes critérios:
a) intencionalidade do comportamento;
b) o comportamento é conduzido repetidamente e ao longo do tempo;
c) existe um desequilíbrio de poder (normalmente os agressores vêm na vítima um alvo fácil).

Tipos de Bullying:
● Insultos, rumores, humilhação;
● Ataques físicos;
● Interferência com a propriedade pessoal;
● Ameaças,chantagem;
● Colocar a vítima em situação problemática com alguém, por algo que esta não cometeu ou que foi exagerado pelo bully;
● Isolamento social da vítima;
● Cyberbullying (ver tópico abaixo).
 
Cyberbullying
 
      As novas tecnologias estão já a ser utilizadas pelos bullies. A intimidação, humilhação e provocação sobre colegas e professores (um novo fenómeno[3]) são feitasatravés do telemóvel, e utilizando a Internet através de software de mensagens instantâneas, redes sociais e e-mail. Outro exemplo é a gravação de aulas em mp3 e a montagem e publicação na Internet dessas gravações, muitas vezes misturadas e descontextualizadas.
 
 
Consequências do Bullying no ambiente escolar
 
    Ballone e Moura (2008) referem que quando não há intervenção em relação acasos de Bullying, o ambiente escolar degrada-se. As crianças são afectadas negativamente, passando a experimentar sentimentos de ansiedade e medo. Alguns alunos, ao testemunhar situações de bullying que não trazem consequências a quem as pratica, acabam por adoptá-lo também.
    As vítimas de bullying tendem a baixar o desempenho escolar e, em última análise, a abandonar a escola. Estas poderão, poroutro lado, entrar em estado depressivo, crescendo com sentimentos negativos em relação a si próprias. Daqui poderão resultar adultos com dificuldades de relacionamento. Em casos extremos pode levar ao suicídio (ver vídeo colocado no blog).
    Por outro lado, o sentimento de impunidade que os agressores sentem podem fazer com que esse comportamento se mantenha, fazendo com que se tornem...
tracking img