Brinquedos famosa - china

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4001 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO À GESTÃO

Ano lectivo 2008-2009

Trabalho Prático

FAMOSA – BRINQUEDOS NA CHINA

















Índice



1. Introdução Pág. 3
2. Questões do trabalho Pág. 5
3. Respostas às questões Pág. 6
4. Bibliografia Pág. 16





































1. INTRODUÇÃO


Há 30 anos, ninguém esperavaque a economia da China fosse crescer tão rapidamente. Mesmo há 15 anos era inimaginável dizer que a China estava a iniciar uma caminhada para se tornar a terceira economia do mundo. Actualmente a Alemanha ocupa essa posição, atrás dos Estados Unidos e do Japão, mas a China vai superar a Alemanha nos próximos anos. Trata-se de um milagre, sem dúvida. Nunca houve um fenómeno assim na históriamundial.
 
Os impactos da China no mundo ainda não estão muito claros. Nos últimos quatro ou cinco anos, a demanda chinesa por petróleo, gás, aço e outras matérias-primas inflacionou o mercado mundial. As exportações chinesas criaram concorrência para várias indústrias europeias e norte-americanas. Aqueles que acreditam no mercado livre têm que aceitar novos competidores.

Há quem considere que seo século XX foi o século americano, o século XXI será sem dúvida o século chinês.

Presentemente um pouco por todo o Mundo, os produtos "made in China" tornaram-se sinónimo de má qualidade.

A qualidade duvidosa de produtos fabricados na China vêm repetindo-se em várias regiões do mundo. As autoridades chinesas revidam as acusações, apontando para a parcela de responsabilidade dasmultinacionais. De facto, a maioria das grandes empresas multinacionais ocidentais usa a China para fabricar seus produtos. Uma clara opção pelo rápido e barato baseado na mão-de-obra mais barata. No entanto, a qualidade de muitos desses produtos é de inferior qualidade, ou acaba por se descobrir que são produzidos em fábricas que ignoram padrões ambientais e trabalhistas.

Essas deficiências reflectem-sena qualidade dos produtos, e controlar os produtos importados, contudo, custa dinheiro. As empresas costumam querer reaver esse dinheiro despendido com estratégias de controlo no valor da mercadoria. Uma vigilância deficitária, porém, também acaba por não ser barata, e além da pressão sobre o fabricante, o controlo estatal sobre a qualidade dos produtos comercializados também teria que ser maiseficiente.

Depois das espectaculares aquisições de empresas, cresce na Europa o temor de que a China se transforme numa superpotência tecnológica.
Cerca de 85% de todos os produtos de alta tecnologia exportados pela China são fabricados por empresas com participação estrangeira.
 
Essa situação dificilmente mudará. O principal problema é a falta de investimento em pesquisa. Os empresárioschineses operam com margens de lucro tão reduzidas que, mesmo se quisessem, não poderiam investir em pesquisa e desenvolvimento. O governo chinês investe 1,3% do PIB em pesquisa, em comparação com 2,5%, em média, da Europa. A maior oportunidade para as empresas chinesas superarem essas dificuldades e, daqui a alguns anos, serem vistas como inovadoras, ainda está na transferência de tecnologia porparte dos investidores estrangeiros.

































2. QUESTÕES


1. Qual a razão para que esta histórica empresa de brinquedos espanhola se dedique a fabricar na China?
a) Que problemas e oportunidades é que esta solução acarretou?
b) Que soluções propõe para a resolução deste problema?

2. Na actual situaçãoeconómica, quais os problemas que poderemos associar aos capitais de risco?


3. Que estratégia é que aconselhava a esta empresa para diminuir os níveis da sazonalidade associados à sua actividade?
a) Considera que a gestão de stocks é bem trabalhada nesta empresa? Qual a influência da globalização nesta actividade?

4. Considera que esta empresa faz uma boa análise do mercado...
tracking img