Brincar e brincadeira seria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
BRINCAR É BRINCADEIRA SÉRIA

Artigo apresentado como parte dos requisitos para conclusão do curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade de Uberaba
Preceptora:Marilene Meneguce Pimentel

BRINCAR É BRINCADEIRA SÉRIA

Artigo apresentado como parte dos requisitos para conclusão docurso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade de Uberaba
Preceptora:Marilene Meneguce Pimentel

Aprovada em:
BANCA EXAMINADORA

-------------------------------------------------

Resumo

O presente trabalho caracteriza as contribuições da ludicidade na educação infantil como o desenvolvimento intelectual e físico da criança.
Dentreas quais se destacam as questões:
• O que acontece quando se brinca?
• Que relações são estabelecidas entre a criança e a prática social no ato de brincar?
• Quais aspectos da brincadeira interferem na educação?

Ao brincar a criança experimente, descobre, inventa, pratica, confere suas habilidades, estimula a curiosidade, a iniciativa, criatividade e sociabilidade. Em carátereducativo, a atividade lúdica é uma ação inerente na criança como forma transacional e prazerosa, em direção a algum conhecimento.
Dento destas questões, uma grande relevância é dada em relação aos jogos educativos no contexto infantil, estabelecendo assim um vínculo com a criança. È impossível divorciar o lúdico da aprendizagem.

SUMÁRIO

Introdução

A pesquisa nasceu da intuição de que ascontribuições da ludicidade na educação Infantil são inúmeras, para o desenvolvimento intelectual e físico da criança e que através da ludicidade, crie um ambiente simbólico, vivenciando no “faz de conta” a realidade.
A intenção era analisar o brincar enquanto criança; conhecer as atribuições do brincar na educação; Perceber o brincar nas práticas sociais da criança como experiência de cultura;“Inspirada no conceito de que se aprende brincando, formulado por Ronca e Terzi (1995) que articula o aprender brincando e construir conhecimento vão se tornando faces da mesma realidade...”
Pelo o lúdico a criança “faz ciência” pois trabalha com a imaginação e produz uma forma complexa de compressão e reformulação de sua experiência quotidiana. Ao combinar informações e percepçõesda realidade, problematiza, tornando-se criadora e construtora de novos conhecimentos.
Essa articulação expressa o lúdico como ato importante na realidade da criança, onde ela experimenta diferente papeis, mantendo equilíbrio entre o mundo imaginário e o real. Assim a referência de que è impossível segar o lúdico no processo de aprendizagem.
Tais inquietações e questionamentos orientam o trabalhode pesquisa no sentido de entender a criança e a ludicidade.
O que acontece enquanto se brinca?
Que relações são estabelecidas entre a criança e a prática social no ato de brincar?
Quais aspectos da brincadeira interferem na educação?

( colocar o título)

Nas brincadeiras as crianças podem desenvolver algumas capacidades intelectuais, cognitivas, emocionais importantes como: a atenção, aimitação, a memória e a imaginação entre outras. Amadurecem a capacidade de socialização, proporcionando a criança a vivenciar o seu mundo, explorando, respeitando e construindo. Assim brincar é uma atividade de significação social.
As relações sociais, destacamos Vygostsky, Wallon, Bakhtim, os papeis sociais ocupados pelos indivíduos são inter-complementares. Dessa perspectiva,o trabalho pedagógico não é produzido única e exclusivamente pela a professora que ensina, nem tampouco pela criança que aprende. O ensinar e o aprender são produzidos na relação entre alunos e a professora. Um se constitui em relação ao outro. FONTANA,(2003)

Segundo especialistas, antes de a criança brincar, ela precisa saber brincar. Ainda quando bebês, em contato com as mães, a criança...
tracking img