Brigada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1895 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
LER / DORT

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

a) LER – Lesões por Esforço Repetitivo
b) DORT - Disturbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho c) DCO – Doença Cervicobraquial Ocupacional d) SSO – Síndrome de Sobrecarga Ocupacional a) LTC – Lesões por Trauma Cumulativo

Luiz Antonio Bertagna

LER / DORT
Síntese Histórica - Brasil

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

1973 TenossinoviteOcupacional
- Lavadeiras – Limpadoras - Engomadeiras - XII Congresso Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho - Primeiras Pausas em Atividades Manuais Intensas

1987 Tenossinovite do Digitador
- Pressão Entidades Sindicais - Previdência Social

1990

Portaria nº 3.751 -

- NR Norma Regulamentadora 17 - Vários Aspectos Aparecimento LER/Dort - Adequação PT - Pausas para Descanso

LuizAntonio Bertagna

LER / DORT
Síntese Histórica
1993

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

Revisão das Normas – Ampliação do Conceito

- Etiologia da Doença - Fatores Biomecânicos - Organização do Trabalho

NOTA Explicativa
- Servidores Públicos - Jurisprudências Aplicáveis

1998

Ordem de Serviço INSS/DSS nº 606/98

- Substituição das Normas

2003 Revisão das Normas – AnteriormenteSubstituidas
- Instrução Normativa nº 98 – 05 DEZ 03

2004 - 28 abril
- Auxílio Doença

Notificação Obrigatória LER/Dort

- Maior 15 dias – 91 – B91 - Recolhimento do FGTS - Estabilidade por 01 ano - Retorno

Luiz Antonio Bertagna

LER / DORT
Definição:

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

Conjunto de Síndromes que atacam os nervos, músculos e tendões, juntos ou separadamente. Tendo comoresultado a combinação da sobrecarga com a falta de tempo para recuperação das estruturas osteomusculares; surgindo em razão das condições inadequadas de trabalho.

1. Fatores Desencadeantes
1.1- Mecânicos: - Utilização excessiva grupos musculares Ex: Digitação – Permanência prolongada posição 1.2- Emocionais: - Tensão Imposta pela Organização do Trabalho - Necessidade de Concentração

Luiz AntonioBertagna

LER / DORT
2. Sintomatologia
- Dor

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS
• Lenta > Intensa Continua • < Produtividade < Sono

2.1 Sintomas Principais

- Parestesia - Sensação de Peso - Fadiga

- Pescoço

2.2 Locais Manifestação - Cintura Escapular
- Membros Superiores

Luiz Antonio Bertagna

LER / DORT

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

3. Classificação e Diagnóstico

3.1 Cura- Diagnóstico Precoce – Tratamento Efetivo

3.2 Graus de Evolução
- Sensação de Peso
- Desconforto no Membro - Pontadas Ocasionais - Dor Espontânea

-

Sintomas do 1º Grau

- Dor Leve; Melhora Repouso - Sem Sinais Clínicos Luiz Antonio Bertagna

LER / DORT

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

3. Classificação e Diagnóstico

3.2 Graus de Evolução
- Dor Persistente - Intensa
- DorContínua - Jornada

-

Sintomas do 2º Grau

- Tolerável – Esforço Afeta Rendimento - Tarefas Domésticas - Dor Localizada - Formigamento - Distúrbio Sensibilidade - Sinais Clínicos Ausentes - Nodulações e Dor à Apalpação Luiz Antonio Bertagna

LER / DORT

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

3. Classificação e Diagnóstico

3.2 Graus de Evolução

-

Sintomas do 3º Grau

- Dor Persistente – Forte- Irradiante
- Repouso – Em Geral Diminui – Ñ Desaparece - Fora Jornada - Durante a Noite - Diminui a Força e Rendimento - Pode Impedir a Função - Trabalho Doméstico Prejudicado - Sinais Clínicos Presentes - Movimentar/Apalpar > Dor Luiz Antonio Bertagna - Inchaço - Transpiração - Sensibilidade Alterada

LER / DORT

-

DOENÇAS OCUPACIONAIS

3. Classificação e Diagnóstico 3.2 Graus deEvolução - Sintomas do 4º Grau
- Dor – Forte – Contínua - Insuportável - Acentua-se c/ Movimentos – Irradiante - Dói - Imobilizado - Perda Força – Controle Movimentos constantes - Inchaço – Deformidade – Atrofias p/ desuso - Perda Capacidade Trabalho – Invalidez - Alterações: Depressão – Ansiedade – Angustia - Difícil Reabilitação - Seqüelas - Parte + Afetadas - Mãos – Punhos – Antebraço –...
tracking img