Briefing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BACKGROUND


Apesar das inúmeras campanhas feitas pelo governo federal nas últimas décadas, estima-se que cerca de 30 milhões de brasileiros sejam fumantes.

São gastos, por ano, pelo SUS quase R$ 200 milhões apenas com casos de câncer relacionados ao cigarro. O consumo do tabaco é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a segunda maior causa de mortes no mundo. Devido ao seu usoo total de mortes causadas por doenças relacionadas ao cigarro já atingiu o número de cinco milhões de óbitos por ano, o que corresponde a mais de dez mil mortes por dia. Cerca de duzentas mil pessoas, no Brasil, morrem por ano em conseqüência do cigarro, segundo dados do INCA.
O governo fez diversas campanhas mostrando os malefícios do tabagismo em relação à saúde do usuário, agora em sua novacampanha será destacado os malefícios para a sua atividade física, sexual, estética e, é claro, à sua saúde.

De cinco pessoas jovens que experimentam a nicotina, três passam a consumi-la. Uma pessoa se torna quimicamente dependente do cigarro após seis meses fumando todos os dias.
O tabagismo é considerado pela organização Mundial de Saúde como uma doença pediátrica: 90% dos fumantes começamentre cinco e 19 anos. E, segundo pesquisa divulgada recentemente pelo Ministério da Saúde, em Porto Alegre, 35% dos estudantes de 7ª e 8ª séries e 1º do Ensino Médio já fumaram mais de cem cigarros na vida (o que, pela definição da OMS, caracteriza a passagem da fase de experimentar para o estado de dependência). Foi estudado, através da pesquisa da OMS, o consumo do cigarro entre mais de 1 milhãode jovens em mais de 150 países e concluiu ainda que quem começa a fumar na adolescência terá mais dificuldade de largar o cigarro no futuro do que aquele que o fez pela primeira vez depois de adulto: o jovem demora até sete anos para se livrar dos efeitos da nicotina. O Dr. Chatkin,médico americano, sabe que estes são argumentos nem sempre eficientes, por isso explica: "Adolescentes costumam servaidosos. Uma boa dica para largar o vício é pensar nas vantagens imediatas: ninguém gosta de ter mau hálito, cheiro de cigarro no cabelo e nas roupas e desempenho sofrível em atividades esportivas e sexuais".

Através de uma pesquisa realizada pelo Departamento de Clínica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo foi constatado que os jovens são mais sensíveis aos danosestéticos causados pelo cigarro, como dentes amarelos e mau hálito, que aos problemas de saúde associados a ele.
"Dizer que o cigarro vai prejudicá-lo e torná-lo suscetível a um infarto em 20 ou 30 anos não o impressiona", afirma o cardiologista Roberto Alexandre Franken, professor que coordenou a pesquisa.

Nas últimas décadas, segundo dados das organizações Mundial e Pan-Americana de Saúde, opercentual de mulheres entre os fumantes no Brasil cresceu substancialmente. Entretanto, hoje elas também são numerosas entre os que buscam uma forma de abandonar o vício. O pneumologia Antônio Chibante, presidente da Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Rio de Janeiro, afirma que 80% dos que procuram tratamento na Clínica Antifumo, dirigida por ele, são mulheres. Os homens tentam largar o cigarrolevados pelo medo de doenças cardíacas e seu desempenho em atividades físicas, enquanto elas se assustam também com o estrago que o tabaco provoca na beleza, como escurecimento de dentes, envelhecimento da pele e manchas na pele.

Para manter e expandir suas vendas a indústria do cigarro se empenha em atrair o jovem que, segundo um executivo da Philip Morris, atingir o jovem pode ser maiseficiente mesmo que o custo para atingi-los seja maior, porque eles estão desejando experimentar, eles têm mais influência sobre os outros da sua idade do que eles terão mais tarde, e porque eles são muito mais leais à sua primeira marca.O uso da promoção e o marketing de produtos derivados do tabaco junto ao público jovem são essenciais para o progresso da indústria do tabaco. Entre os jovens, o...
tracking img