Breve resumo sobre a cultura judaica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6977 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

“E estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti, em suas gerações, por aliança perpétua para te ser a ti por Deus, e a tua descendência depois de ti.” Genesis 17.7.
Foi assim que o Senhor começou a mostrar para Abraão como seria o povo que Ele estava separando para si no começo da história.
Hoje muitos nem sequer imaginam o que os judeus passaram.Desde os tempos antigos foram vítimas de perseguição e durante muitos anos tiveram que viver em terras estrangeiras, espalhados pelo mundo. Mesmo assim se mantêm puros e guardam suas tradições com zelo. Uma rica cultura que à medida que estudada traz um pouco de entendimento para nós gentios que, por não pertencer a este grupo fechado, ás vezes somos negligentes no estudo da história apaixonanteda nação que foi separada por Deus para ser Sua. Não importa que não seja judeu, conhecer mais a fundo tudo isto é conhecer mais a Deus e entender melhor a historia atual.































1- CONTEXTO HISTÓRICO


Antes de falar de costumes específicos sobre a nação escolhida do Senhor é necessário conhecer sua história, a seguir um pequenoresumo:


1. - Abraão
A história dos hebreus se inicia aproximadamente em 2100 a.C., quando Deus chama Abraão para que saia de sua terra e vá para o lugar que o Senhor iria lhe mostrar. Neste momento Deus também promete que sua descendência seria numerosa e habitaria na terra de Canaã.
A aliança que o Senhor fez com Abraão exigia dele separação de sua família e seus costumes pagãospara se dedicar à adoração de um único Deus, e que cresse nas promessas que haviam lhe sido dadas. O símbolo dessa aliança eterna é a circuncisão.
“E disse Deus: Na verdade, Sara, tua mulher, te dará um filho, e chamarás o seu nome Isaque, e com ele estabelecerei a minha aliança, por aliança perpétua para a sua descendência depois dele.” (Gn 17.19)
É importante ressaltar porque o Senhorseparou esse povo. Depois de Adão e Eva, o homem por si só deveria adorar o Senhor e se manter moral e espiritualmente puro. Mas por terem se tornado pecadores não foi esse o caminho que eles seguiram. Isto faz com que o Senhor não separe apenas um homem, mas toda a descendência de Abraão para seguir seus mandamentos. Eles deveriam se afastar de tudo que é impuro, em contrapartida serão abençoadospara sempre. Ao separar esta nação Deus já prepara na terra um caminho para a vinda do Messias.


2. - Moisés
Moisés foi levantado por Deus para salvar seu povo da escravidão. Quando houve fome na terra de Canaã, os hebreus foram para o Egito onde estava José para não perecerem. A família de Jacó se torna numerosa e faraó os escraviza para ter controle sobre eles.
Após 400 anosno Egito, o Senhor liberta milagrosamente seu povo através das mãos de Moisés, que se torna líder espiritual e civil de toda a nação. Nesse período o Senhor entrega a Moisés os estatutos, cívicos, criminais, e religiosos que são seguidos até os dias de hoje pelos israelitas. Moisés é o grande Legislador do povo de Israel, teve uma educação egípcia na corte do faraó e apesar de se achar incapaz deguiar o povo, ele tem uma grande importância literária, pois ele é um dos primeiros escritores da Bíblia.
A Lei define Israel como uma nação, organizando e hierarquizando o modo de vida na terra que iria ser tomada. Para Israel não há separação entre o civil e o religioso, se o povo não cumprisse a Lei teria maldições como consequência e caso cumprissem teriam uma vida abençoada.
Nessafase o Senhor também ordena a Moisés que construa um Tabernáculo itinerante para que se iniciasse uma liturgia de Adoração. A tribo de Levi é separada para trabalhar exclusivamente nesse centro de Adoração, devendo servir como mediador entre o povo e Deus, na oferta, nos sacrifícios e no ensino da Lei.


3. - Josué
Após os 40 anos de peregrinação no deserto, o sucessor de Moisés na...
tracking img