Brasil, suas diversidades e desegualdades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1718 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]























































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 TÍTULO NÍVEL 2 – SEÇÃO SECUNDÁRIA 4
2.1.1 Título Nível 3 – Seção Terciária 4
2.1.1.1 Título nível 4 – Seção quaternária 4
2.1.1.1.1 Título nível 5 – Seçãoquinária 4

4 CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8

INTRODUÇÃO

Neste trabalho irei apresentar sobre, a revolução industrial, como ela começou e o quanto ela foi importante para mudança da sociedade. Iremos ver também que o Brasil e um país rico em diversidade, mas que infelizmente a diferenças causa preconceito. Falarei sobre os Quilombos brasileiros, a influência deles na diversidade éticado Brasil. Iremos destacar a Região Norte do Brasil e as suas belezas.




DESENVOLVIMENTO


1 TÍTULO NÍVEL 2 – A Formaçao dos indivíduos e dos grupos frente a sociedade capitalistA

Sociedade capitalista é caracterizada no seu principio mais importante o lucro, e a revolução industrial consolidou a sociedade burguesa liberal capitalista, que tinha como princípios aigualdade entre os homens, livre iniciativa e na empresa privada. O homem teria liberdade para fazer contratos de acordos, investirem, comprar, vender buscando seus interesses. Como o sistema incentivava a concorrência entre as empresas, elas procuravam novas tecnologias, para produzir mais e reduzir os custos, só assim teria condições de manter seus produtos no mercado.
A origem dasociedade capitalista. É importante inicialmente nos fixarmos na Europa dos séculos IV a XIV (301-400 a 1301-1400 d.C), pois foi esse período que deu origem à nossa sociedade atual.
Sabemos que no período citado, a Europa era um continente onde a organização econômica principal girava em torno da terra e da propriedade da terra. O modo de vida era ligado ao trabalho rural, principal fontede organização social.
Por ser a terra fonte de riquezas é que os seus poucos proprietários se tornavam poderosos: a camada dominante dos senhores feudais, que compreendia a nobreza e o alto clero. Por outro lado, existia uma imensa maioria de pessoas forçadas a trabalhar nas terras da nobreza feudal para sobreviver, pagando tributos pelo uso dessa terra.
Nessasociedade de base agrária, o modo de vida era completamente diferente do que é hoje em dia: pouco comércio, cidades quase não existiam, eram pouco mais que pequenas aldeias, o pensamento religioso moldava a vida da maioria das pessoas.
A partir do século XlV, esse mundo começará a se transformar rapidamente. É essa transformação que nos interessa, pois, de mundo agrário, a Europa caminhoupara o mundo urbano-industrial. Essa mudança não ocorreu em pouco tempo, foram precisos no mínimo três séculos para que ela se completasse. No entanto, como foi uma mudança social radical, muitos a chamaram de revolução.
Essa revolução que levou a Europa do feudalismo ao capitalismo.

1 Título Nível 3 – A Importância do direito a diversidade e do enfrentamento ao preconceito.Lidar com a diversidade seja ela racial, social, econômica ou religiosa, não é fácil. Mas é tarefa de quem educa, pai ou professor. Porque aprender a viver em comunidade é saber lidar com as diferenças de qualquer natureza.
Quem nunca sofreu algum tipo de preconceito? Acredito que não exista alguém nesse mundo que não sofreu algum tipo de preconceito. Temos diversos tiposde preconceitos, desde os mais insignificantes aos mais graves.
"A Maria não gosta do Pedro por que ele é evangélico, o Pedro não gosta da Janaína por que ela é negra, a Janaína não gosta da Cláudia por que
ela é lésbica, a Cláudia não gosta do Carlos por que ele é pobre..."
Se eu for levar isso adiante não vai ter fim.
Parece que quase todas as pessoas discriminam...
tracking img