Bosquimanos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
5-11-2012
Povo bosquímano diversificou-se antes dos ancestrais humanos saírem da África, este povo revela que são descendentes da mais antiga diversificação da história da humanidade.
Os Bosquímanos são a designação de uma família com grupos étnicos existentes na região sudoeste de África, que partilham algumas características físicas e linguísticas.
Os Bosquímanos pertencem a dois gruposgenéticos, um no norte e um e no sul do Kalahari, que seguiram caminhos separados há cerca de 30.000 anos atrás.
Espalhou-se pelo sul da África toda a cultura bosquímana, mais tarde a pecuária foi introduzida aos bosquímanos no sul da África também. Os Nama, grupo pastoril dos bosquímanos que vivem na Namíbia mostraram ter muita semelhança com outros grupos bosquímanos mais ao sul do continenteafricano.
Existem 85 mil Bosquímanos nativos do sul da África, como ritual os bosquímanos besuntam as pernas com sangue de antílope, os bosquímanos foram marginalizados, muitos foram escravizados, outros trabalhavam por um prato de comida nas fazendas dos brancos.
Uma das principais vantagens do povo bosquímano era sua capacidade de sobreviver em regiões áridas, sem água na superfície.
Graças àindústria para localizar melões e tubérculos e também ao sistema de enterrar ovos de avestruz repletos de água devidamente na estação das chuvas para recuperá-los durante as secas, eles conseguiram sobreviver em áreas consideradas inabitáveis por outros povos.
O veneno dos bosquímanos é famoso, alguns caçadores da tribo colocam uma mistura de veneno de cobra e sumo de cacto, outros preferem aessência de escorpião.
O veneno penetra na corrente sanguínea e provoca paralisia, levando à morte, utilizam as suas flechas para atingir os seus alvos, um antílope pequeno demora cerca de 24 horas para morrer; um animal grande agoniza por vários dias.
À noite os bosquímanos costumam dançar em torno do fogo e essa dança evolui para um estado de aflição, um dos principais elementos de suaespiritualidade. Sentados ao redor da fogueira, as mulheres e as crianças batem palmas enquanto os homens dançam em volta das chamas.
Uma das cerimónias dos bosquímanos é a chamada “dança da girafa” que é conduzida pelo xamã local, um velho com uma tiara de contas, pena de avestruz na cabeça e uma bolsa de couro ocre sobre a virilha.
Os bosquímanos acreditam que, nesse estado de consciência alterado, épossível curar enfermidades e entrar em contacto com os mortos ou com parentes ausentes.
A cultura dos bosquímanos tem provocado grande interesse não só no campo da antropologia, mas também no do etnoturismo que poderia constituir a melhor maneira de preservar indícios de sua tradição cultural.
 

A maioria sobrevive prestando serviços nas fazendas.
Poucos se mantêm em território antigo, noque é hoje a Reserva de Caça do Kalahari Central. Trata-se de um lugar árido, cujo solo permanece seco durante a maior parte do ano.
Em 1961, quando se criou essa reserva de caça, o funcionário colonial George B. Silberbauer concluiu que ela podia servir para proteger tanto a fauna como os bosquímanos locais, desde que estes utilizassem apenas métodos tradicionais de caça.
Alguns migraram paraNew Xade, fora da reserva, atraídos pela promessa de escolas, clínicas, água potável e uma indenização de cinco vacas ou 15 cabras para cada indivíduo.
Cortam pedaços de madeira para fazer uma mbiram focalizando o tronco

As teclas consiste em tiras de metal de diversos comprimentos, que estão presas a uma base de madeira – as teclas.
Um bom exemplo de como os bosquímanos cuidam dapreservação natural, mantendo essa árvore viva para usá-la outras vezes.
Os bosquímanos do passado adaptaram-se muito bem às condições do deserto.
Os bosquímanos ainda recorrem à medicina tradicional quando adoecem e só em caso de insucesso procuram a clínica, eles desconfiam muito da medicina ocidental.
Os bosquímanos são uma família de grupos étnicos na região sudoeste de África, que dividem...
tracking img