Boris fausto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 204 (50846 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
VERSÕES E FICÇÕES:
O SEQÜESTRO DA HISTÓRIA

Ponto de Partida

Leia também da Coleção Ponto de Partida

Orçamento participativo:
A experiência de Porto Alegre
Tarso Genro e Ubiratan de Souza

Outros lançamentos da Editora Fundação Perseu Abramo

Um trabalhador da notícia
Textos de Perseu Abramo
Organização de Bia Abramo

Rememória
Entrevistas sobre o Brasil do século XX
Coletânea (no prelo)Copyright © 1 997 by Editora Fundação Perseu Abramo
ISBN 85-86469-03-3

DANIEL AARÃO REIS Fº — ELIO GASPARI
CÉSAR BENJAMIN — FRANKLIN MARTINS
VERA SÍLVIA MAGALHÃES — HELENA SALEM
PAULO MOREIRA LEITE — JORGE NAHAS
MARCELO RIDENTI — ALIPIO FREIRE
CELSO HORTA — EMIR SADER
IZAÍAS ALMADA — CONSUELO LINS
IDIBAL PIVETA — DULCE MUNIZ
RENATO TAPAJÓS

VERSÕES E FICÇÕES:
O SEQÜESTRO DA HISTÓRIA

F undaçãoPerseu Abramo
Diretoria
Luiz Dulci (Presidente)
Zilah Wendel Abramo (Vice-presidente)
Hamilton Pereira
Ricardo de Azevedo

Editora Fundação Perseu Abramo
Coordenação editorial
Flamarion Maués
Revisão
Denise Dognini
Sandra Brazil
Valter Pomar
Capa e Projeto Gráfico
Eliana Kestenbaum
Fotos da capa
Iconografia
Fotomontagem da capa
Enrique Pablo Grande
Editoração Eletrônica
Augusto Gomes
1ª edição:julho de 1997
Todos os direitos reservados à
Editora Fundação Perseu Abramo
Av. Dr. Arnaldo, 128
São Paulo - SP
01246-000
Fone: (011) 259-8024 / 214-0594
Fax: (011) 214-5026
e-mail: fpabramo@ax.apc.org

ÍNDICE

A PRESENTAÇÃO ..................................................9
QUE HISTÓRIA É ESSA?
Marcelo R identi....................................................11
UM

PASSADO IMPREVISÍVEL: ACONSTRUÇÃO

DA MEMÓRIA DA ESQUERDA NOS ANOS 60
Daniel Aarão Reis Fº ............................................31

FILME FICA EM DÉBITO
COM A VERDADE HISTÓRICA

Helena S alem .......................................................47
O QUE FOI AQUILO, COMPANHEIRO
Paulo M oreira L eite...............................................51
EX-MILITANTE

INSPIRA

PERSONAGENS FEMININAS:
ENTREVISTA COM VERASÍLVIA MAGALHÃES

Helena S alem .......................................................61

F ICÇÃO

É JULGADA

SOB AS LENTES DA HISTÓRIA:
ENTREVISTA COM DANIEL AARÃO REIS Fº

Helena S alem .......................................................71
CINEMA NA ERA DO MARKETING
César B enjamin .....................................................93
VERSÕES

E FICÇÕES: A LUTA PELA

APROPRIAÇÃO DA MEMÓRIADaniel Aarão R eis F º .........................................101
LEÕES E CAÇADORES
Emir S ader.........................................................107
O

QUE É ISSO, COMPANHEIRO?:

O OPERÁRIO SE DEU MAL

Elio G aspari.......................................................111
AS DUAS MORTES DE JONAS
Franklin M artins.................................................117
JONAS, UM BRASILEIROCelso H orta.......................................................125
BREVE BIOGRAFIA DE VIRGÍLIO GOMES DA SILVA
Dulce M uniz .......................................................131

SOBRE JONAS, O DO FILME, NÃO O DA BALEIA
Idibal P iveta (César Vieira)....................................133
O QUE FOI AQUILO, COMPANHEIROS? (2)
Jorge N ahas.......................................................137
HISTÓRIA: FICÇÃO, REALIDADE E HIPOCRISIA
Izaías A lmada .....................................................141
O

QUE É ISSO, COMPANHEIRO?:

A FICÇÃO RESISTE SEM A HISTÓRIA?

Consuelo L ins ....................................................151
PELA PORTA DOS FUNDOS
Alipio F reire......................................................155
Q UAL É A TUA, COMPANHEIRO?
RenatoTapajós...................................................169
À

MANEIRA DE UM BALANÇO:

EPÍLOGO OU PRÓLOGO?

Daniel A arão R eis Fº..........................................181
APÊNDICE - O

FILME CONFUNDE

INTENCIONALMENTE A REALIDADE:
ENTREVISTA COM CLÁUDIO TORRES

Hamilton Octavio

de

Souza ...................................187

QUE HISTÓRIA É ESSA?

C ONTRAPONTO - O DESLOCAMENTO
DO NARRADOR EM O QUE É...
tracking img