Bonomini

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2782 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Universidade Federal do Pará
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Faculdade de História










Oficina da História II – Fontes Audiovisuais











ARTHUR PALMEIRA







BELÉM 2013

Arthur de Araujo Palmeira














Análise da obra “Pittore che dipinge la Morte”, Pintor que pinta a morte de Vicenzo BonominiTrabalho apresentado ao Professor Aldrin Fegueiredo, da disciplina Oficina da História II – Fontes Audiovisuais, da turma 706010, turno noturno, do curso de História Bacharelado, como requisito avaliativo.


















Universidade Federal do Pará

Belém - 18/02/13INTRODUÇÃO

Para realizar uma análise melhor da obra, faço uma pequena introdução sobre a vida de pintor, visando contextualizar suas obras a sua vida, buscando suas influencias e estilos.

Paolo Vicenzo Bonomini nasceu em 23 de Janeiro de 1757 no distrito de Borgo Canal na cidade de Bergamo do estado de Veneza na Itália, local na época pequeno, assim Bonomino viverá entre a realidadedo subúrbio de uma classe média e a aristocracia da agricultura local. Era filho de Paolo Maria, um pintor com prestígio local de quem herdou o gosto pela pintura. Contudo seu sobrenome Bonomini, vem de um padrinho Giovanni Batista Bonomini.[1]

Iniciou seu trabalho como pintor no fim do século XVIII dando continuidade ao trabalho do pai que faleceu em 1779, herdando ferramentas e técnicas,contudo pouco se sabe sobre as obras de seu pai. Fora realizar seus estudos sobre pintura em Veneza e Milão e durante este período foi possível através de alguns testemunhos da época identificar que era um dos seguidores mais fiéis de Fra’ Galgario um famoso pintor do período e que também era seu conterrâneo.

Entretanto ao analisarmos o contexto do período em que o pintor concluiu seusestudos e produziu suas obras vemos uma realidade onde a revolução Francesa provoca uma grande mudança no mundo em todo o campo das artes, desde a literatura até as artes plásticas, também houve no período grandes transformações políticas e territoriais. E Vicenzo viveu neste contexto registrando em suas obras cenas deste período conhecido pelas batalhas e conquistas napoleônicas, no castelo deSforzesco em Milão pode se observar alguns desenhos de Bonomini sobre este período e um projeto de um arco do triunfo que seria construído em Bergamo para comemorar o novo Imperador do Reino da Itália, contudo o projeto do arco escolhido pelas autoridades locais foi do arquiteto Leopoldo Pollak, entretanto nunca foi construído tal arco.[2]

Assim o que os estudos nos dizem de Bonomini é quecomo já dito iniciou-se nas artes seguindo o trabalho do seu pai que pouco se sabe, mas há indicações que o mesmo fazia mais decorações de casas e quadros encomendados. Vicenzo aprimorou seus estudos em Veneza e por seu estilo neoclássico podemos dizer que foi a Milão também. Há suspeita também de um tempo de estudos em Roma, contudo não se encontram documentos comprovando este período, só sesabe que outro discípulo de seu pai fez uma viagem a Roma para aperfeiçoamento no mesmo momento.

A vida de Bonomini foi marcada por muitos nascimentos e mortes de membros da família: o nascimento de seu irmão José em 1758 e sua irmã Maria Teresa, em 1759, a morte de sua irmã Maria Orsola e irmãos John e Joseph em 1774, a mãe em 1776. Assim o tema “Vida e Morte” é marca dos trabalhos dopintor, que vem muito mais enraizado nas suas experiências de vida do que nas obras literárias da época. O uso constante deste tema marcou tanto o pintor que o mesmo ficou conhecido como pintor de matar.

Tornou-se um pintor de bastante sucesso local e com alguma fama nacional, apesar de ser conhecido como uma pessoa estranha e avarenta, só foi considerado generoso quando fez um grande...
tracking img